Cheiro de livro novo: Êxtase

Título: Êxtase
Autora: Lauren Kate
Páginas: 346
Editora: Galera Record
Série: Fallen #4
Anterior: Paixão
Avaliação: 4/5

Boa tarde, leitores! Fiquei muito feliz em finalmente concluir essa série! Menos uma na minha lista interminável hahaha 😆 Há anos tenho enrolado com ela e tinha ficado bem desanimada com os livros anteriores, até quase desistir de terminá-la. Mas insisti até o final e fiquei satisfeita com o que encontrei.

"— O passado é importante por toda a informação e sabedoria que contém. Mas você pode se perder nele. Deve aprender a manter o conhecimento do passado consigo enquanto persegue o presente."


Luce terminou a viagem entre as suas vidas passadas e aprendeu coisas que nunca antes havia sido possível. Porém, isso despertou grande ira em Lúcifer, que decidiu agir para que Luce e Daniel não ficassem juntos, de uma vez por todas. Sendo assim, o diabo resolveu retornar a um passado mais distante, até o início da Queda dos anjos, na tentativa de moldar os acontecimentos, modificando assim todo o futuro conhecido. Dessa vez, quando os anjos chegassem ao solo, tudo seria diferente.

"Luce percebeu com uma clareza repentina quem era — e ela não era apenas Luce Price, de Thunderbolt, Geórgia. Era todas as garotas que já fora, uma amálgama de experiências, erros, conquistas e, acima de tudo, amor.
Era Lucinda."

Para Luce, Daniel e todo o grupo de anjos, demônios e nefilim que estão envolvidos nessa história, não restou outra opção a não ser impedir Lúcifer a qualquer custo. E eles têm apenas nove dias para conseguir isso. Por sorte, eles têm uma mínima ideia do que podem fazer, mas obviamente não será um trabalho fácil. O grupo precisará organizar um plano para encontrar três objetos sagrados, que há milênios estão desaparecidos, e eles possuem umas poucas pistas de como seriam suas características e quais são as localizações aproximadas. Se tudo der certo e conseguirem reunir os itens, deverão levá-los para um lugar específico, que também não há muita certeza de onde seja, e torcer para que, de alguma forma, revelem o local original da Queda. A grande questão é que o mundo mudou muito em seis milênios e nenhum deles lembrava o que estava acontecendo quando caiu na Terra, por isso não sabem exatamente o que fazer e aonde ir para impedir Lúcifer.

"Tudo o que Luce sempre quis foi o amor dele... mas a que preço? Será que o amor dos dois valia o fim do mundo e de todas as suas histórias? Teria Daniel sido capaz de prevenir tal ameaça se tivesse escolhido o Céu tempos atrás?
E teria ele voltado para lá, onde era seu lugar, caso o amor por Luce não o tivesse desencaminhado?"


Em meio a tantas incertezas em relação ao futuro, Luce só sabe que seu amor por Daniel é maior do que tudo que já existiu. Mas os recentes acontecimentos apenas a fizeram refletir se não seria melhor que eles nunca tivessem se apaixonado, pois não causaria tanta discórdia. Afinal, como um anjo e uma mortal podem ser felizes juntos? É chegada a hora de Luce descobrir as últimas peças do quebra-cabeça que faltam e montar o final de sua história.

"Que tipo de relacionamento um anjo e uma mortal poderiam ter de fato? Quando tudo isso acabasse, se eles derrotassem Lúcifer... O que aconteceria? Ela e Daniel voltariam para a Geórgia e seriam como qualquer outro casal, saindo para tomar sorvete às sextas-feiras depois do cinema?"

Luce mostrou-se bem mais madura, segura e decidida, após experienciar suas vidas passadas. Agora ela se conhece melhor, além de compreender melhor esse sentimento que envolve ela e Daniel por tantos anos. Daniel continua sendo o namorado perfeito, agora sem tanta hesitação em aproximar-se de Luce. Ele oferece todo estímulo e apoio de que ela precisa para ser forte. Depois de tantas aventuras, é difícil não se apegar a cada um dos personagens. Até mesmo Cam, que por muito tempo foi um problema, é alguém de quem Luce gosta e que desperta carinho no leitor. Também conhecemos uma nova personagem, Dee, que para mim foi a melhor de todas.

"— Tudo o que é bom no Céu e na Terra nasce do amor. Talvez esse não tenha sido o Vosso plano quando criaste o Universo; talvez o amor fosse apenas um dos aspectos de um mundo complicado e brutal. Mas o amor foi a melhor coisa que Vós criastes, e tornou-se a única coisa que vale a pena poupar. Esta guerra não é justa. Esta guerra não é boa. O amor é a única coisa pela qual vale a pena lutar."


Esse livro tem bastante emoção, mais do que todos os anteriores juntos. Ele também traz finalmente todas as respostas. Uma coisa que me irrita é ficar escondendo o tempo inteiro as coisas, mas quando tudo enfim se encaixa, é bem satisfatório. O final desse romance conseguiu me surpreender e, para mim, foi um final muito bom para essa série. Eu realmente não imaginava muito como tudo iria terminar.
Praticamente todo o livro é narrado sob o ponto de vista de Luce, em terceira pessoa. A diagramação está muito boa, seguindo o mesmo estilo de toda a série. As páginas são amareladas, as fontes são confortáveis e os capítulos são bem divididos, com pequenos detalhes no início. Encontrei bem poucos erros de revisão.

"— A mortalidade é a mais linda história romântica que já se contou. Só uma única chance de fazer tudo o que se deve fazer. Depois, magicamente, você passa para outra."

Para finalizar, reforço que não me arrependi de ter persistido até o fim com essa série. Eu estava com expectativas bem baixas, levando em conta como tinha arrastado a leitura dos anteriores. Mas a autora conseguiu me surpreender e trouxe as revelações que eu precisava para me animar com a leitura. Então, se você já chegou até aqui, não desista agora. O último livro compensa um pouco os anteriores. Porém, não é uma série que eu iria reler algum dia, nem acho que seria algo que atualmente escolheria para ler. Meu gosto por fantasia mudou bastante nos últimos anos e acredito que isso também tenha influenciado na minha impaciência com a saga.



Leia também:
Resenha de Fallen
Resenha de Tormenta
logoblog