Livros *----* Antes que ele veja

Título: Antes que Ele Veja
Série: Um Enigma Mackenzie White #2
Autor: Blake Pierce
Páginas: 200
Editora: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
Avaliação: 5/5

Conheci essa série por acaso, pois o primeiro volume está disponível gratuitamente na Amazon. E, apesar dessa não ser uma daquelas séries que possui um único mistério, a ser desvendado no último volume, eu fiquei curiosa para acompanhar a história de Mackenzie e descobrir como ela se sairia junto aos federais, então segui com a leitura do segundo livro.

Mackenzie está no curso preparatório do FBI. Ela sabe que está lá por causa de Ellington, pois se ele não tivesse acionado seus contatos ela muito provavelmente ainda estaria no Nebraska, mesmo que tenha capturado o assassino espantalho. Então, ela tem dado tudo de si para provar a todos, inclusive a si mesma, de que merece se tornar uma agente especial. Ela também está passando por um momento de mudanças em sua vida pessoal, pois acabou de terminar um relacionamento e resolveu direcionar suas energias à sua carreira profissional. Mas, ao mesmo tempo, se sente um pouco carente e, dada sua natureza impulsiva, eu duvido de que ela seria muito resistente caso alguém realmente mexesse com seus sentimentos. De qualquer forma, ela anda mais cuidadosa com isso desde o mico que pagou com Ellington.

De repente, ela se perguntou porque esperou tanto tempo para deixar Nebraska. Quando Ellington a recomendou para a Academia, isso foi essencialmente a sua oportunidade de ouro, o empurrão que ela precisava para testar a si mesma, para sair da sua zona de conforto."

É quando surge a oportunidade perfeita de provar seu valor ou de ferrar de vez com todas as suas chances. Uma mulher é encontrada morta em um lixão e o agente Bryers havia acabado de perder seu parceiro para a aposentadoria. Não é comum a diretoria do FBI dar uma oportunidade como essa a um agente que ainda nem conclui seu treinamento e Mackenzie precisará apresentar um bom desempenho caso queira realmente ingressar na agência. Logo, eles descobrem se tratar se um assassino em série, pois há padrões nos assassinatos que não podem ser ignorados, como a forma de descarte dos corpos. Mas, a diversidade de vítimas tem confundido os agentes e tornado a descoberta do criminoso ainda mais desafiadora. Além disso, ela precisa lidar mais uma vez com o pré conceito de seus colegas de profissão por ser uma mulher. 😠 As fofocas são de que ela conseguiu entrar no treinamento do FBI e no caso do lixão por estar dormindo com algum agente e não por suas próprias capacidades investigativas ou pelo seu sucesso no caso do assassino espantalho.

"Ele não podia fazer nada para aliviar a necessidade que estava agora consumindo-o por dentro. Tudo o que ele podia fazer era olhar para a entrada daquele espaço subterrâneo e fantasiar sobre quem a próxima vítima poderia ser. Ela gritaria? Ela imploraria por sua vida e ofereceria sexo? Ou ela apenas se desintegraria chorando desesperadamente? Ele não se importava de uma maneira ou de outra. Tudo o que importava era preencher o buraco - satisfazer a necessidade"

Assim como o primeiro volume, Antes Que Ele Veja é uma leitura rápida e empolgante, Mackenzie mais uma vez está correndo contra o tempo para evitar que o assassino faça mais vítimas. Mas confesso que fiquei me perguntando porque os agentes não colocaram câmeras no lixão simplesmente, já que o assassino sempre desovava as vítimas naquele local. É claro que poderiam ter explicações para esse questionamento, mas o autor nem chegou a mencionar essa possibilidade, algo tão simples e que me deixou bastante encucada.. Na verdade, foram justamente as pistas que eles ignoraram no início do caso que eram mais importantes para sua resolução.

Se teve algo extremamente irritante na leitura foi a burocracia e o rigoroso sistema hierárquico do FBI. Inclusive, Mackenzie precisou estar frequentemente remediando sua espontaneidade e impulsividade para não se meter em grandes problemas. Resumindo, o FBI funciona assim: existem regras rigorosíssimas que inclusive lhe impedem de fazer um bom trabalho, mas se você descumpri-las e conseguir pegar o bandido, okay, a gente dá um jeito de ignorá-las, só não esqueça de bajular o chefe no final; mas, se tudo der errado, a culpa foi toda sua e você irá assumir sozinho as duras consequências. O único ponto positivo nesse ponto foi Bryers, que mesmo sendo um tanto reservado, foi um bom parceiro para Mackenzie e se esforçou por defendê-la quando necessário.

Apenas não gostei muito da capa do livro, esse campo de trigo não tem muito a ver com o enredo, imagino que talvez autor tenha escolhido a capa pensando na liberdade e mudança de ares que a protagonista está vivenciando, mas eu teria optado por um ambiente mais urbano. Seja como for, gostei muito da leitura e o terceiro livro da série, Antes que Ele Cobice, já foi adicionado à minha lista de leituras.

Leia Também:
logoblog