Livros *----* A Rainha dos Sete Mares

Título: A Rainha dos Sete Mares
Autora: Bianca Sousa
Páginas: 200
Editora: Independente
Avaliação: 4/5

A Bianca é autora parceira do blog e seus livros são nossos queridinhos. Comprei o livro físico com ela ainda na pré-venda e estou há um tempão para postar esta resenha, mas acabei me enrolando um pouco neste final de período e acumulando algumas resenhas para escrever...

Agatha é a herdeira de Atlantis, mas de acordo com a legislação do Reino, ela deverá se casar para assumir seu direito de rainha. Lei esta que ela repudia com todas as suas forças, pois Agatha nunca se apaixonou por alguém e não tem a menor vontade de se casar apenas para cumprir uma lei que considera retrógrada. Esse é inclusive um motivo de grande desentendimento em sua casa e foi por causa de uma discussão sobre este assunto que ela se atrasou para a recepção do encontro anual dos sete reinos. Mas, enquanto esperava ouvir uma bronca ao chegar no Palácio, ela se depara com uma verdadeira destruição. De uma hora para outra, Aghata se encontra órfã, traída pelo conselheiro de seu pai.

"A covardia muitas vezes é um instinto de sobrevivência. Nada mais natural que isso. Além do mais, a coragem reside no coração daqueles cujo medo também habita, mas não é capaz de paralisar."

Nesse momento de dor ela precisará encontrar aliados para enfrentar aqueles que destruíram o seu lar: o Kraken e a octopus chamada Malvina, dois serem que estavam aprisionados há muitos anos, e, assim, trazer de volta a paz aos Sete Reinos que habitam o fundo do mar. Porém, enquanto se caminha aos outros reinos, ela encontra ainda mais caos e destruição. Apenas ao chegar ao antigo reino de sua mãe, Aquamarine, que ela é capaz de obter algumas respostas. Mas para conseguir juntar todas as pontas soltas dessa história, Aghata deverá fazer mais do que isso, ela precisará ir até o lugar mais profundo e perigoso dos oceanos, o lugar de onde o Kraken e a Malvina escaparam, as Águas Profundas.

"Assim como as mares renovam as águas dos mares, a vida pede por mudanças."

A Rainha dos Sete Mares não é apenas uma história de fantasia, Bianca se aproveitou do enredo que criou para abordar diversos temas, como a igualdade de gênero e os pré-conceitos. Assim como em Laços, a autora trouxe a ideia de que o vilão possui um passado, um motivo para ser quem é. E, mesmo os nossos heróis, aqueles que colocamos no mais alto pedestal, também cometem erros e podem nos decepcionar. Os conceitos de certo e errado se confundem e é difícil para o protagonista tomar a decisão mais sábia e justa diante de tamanha dor.

A edição está linda, logo no início do livro temos um mapa com a localização dos sete reinos marinhos e ainda das águas profundas, onde Aghata precisa ir para encontrar suas respostas. A letra possui um tamanho confortável, as páginas são amareladas e não me recordo de ter encontrado erros de qualquer tipo. A leitura é fácil e eu gostaria apenas que ele tivesse mais páginas para que eu pudesse passar um pouco mais de tempo no universo criado por Bianca. Confesso que ao iniciar a leitura, achei que a Bianca também envolveria os humanos na história, mas isso não acontece, A Rainha dos Sete Mares se passa completamente dentro do mar. Confira você também!


Veja também:

Compre o livro físico de A Rainha dos Sete Mares
Compre o e-book Amazon de A Rainha dos Sete Mares.
Resenha de Laços
Resenha de Eterna - O Som do Amor
Resenha de O Canto do Cisne
logoblog