Cheiro de livro novo: Os Contos de Beedle, o Bardo

Título: Os Contos de Beedle, o Bardo
Autora: J. K. Rowling
Páginas: 103
Editora: Rocco

Esse foi o primeiro livro da Maratona Literária #EuTôDeFérias. Escolhi esse livro bem curtinho e rápido de ler para começar a maratona numa tentativa de ganhar tempo e não ficar enrolada com as leituras como no outro desafio. Peguei esse livro emprestado com o namorado da Isabela (Jonathan, pode deixar que seu livro está inteirinho, do mesmo jeito que chegou para mim xD).

"Os contos de Beedle, o Bardo" é um dos livros extras sobre o mundo de Harry Potter. Apesar de eu não ter lido todos os livros da série (prometo que lerei assim que possível), já assisti a todos os filmes e sou muito fã. Adoro esse mundo dos bruxos e ainda estou muito triste por não ter recebido a minha carta! haha Sem dúvida foi a história de Harry Potter que me fez amar tanto os livros de fantasia.

"As histórias de Beedle ajudaram gerações de pais bruxos a explicar este doloroso fato da vida aos seus filhinhos: a magia tanto causa dificuldades quanto as resolve."

O livro é bem pequeno e super fácil de ler. Possui cinco contos com diferentes temáticas, que podem ser comparados com as historinhas que ouvimos quando crianças, todas possuindo algum tipo de moral. Os contos são bem curtinhos, falando sobre bondade, generosidade, amor, sabedoria e mostram o quanto pode ser difícil, mesmo para um bruxo, aprender a ter essas qualidades.

"Nenhum homem ou mulher vivos, mágicos ou não, jamais escapou de alguma forma de lesão, seja física, mental ou emocional. Ferir-se é tão humano quanto respirar."

Após cada um dos contos, há um extenso até demais comentário de Dumbledore. Ele fala um pouco sobre a mensagem que o conto quer passar, sobre a repercussão dessa história na época em que foi escrita, conta um pouquinho sobre alguns acontecimentos antigos de Hogwarts. Sinceramente, achei um pouquinho desnecessária a quantidade de comentários dele, porque tem umas coisas que diz que são totalmente deslocadas do assunto. O.o Praticamente é como se a autora quisesse encher o livro, já que os contos são pequenos demais. Certos comentários fazem sentido, outros são até engraçados, mas alguns são meio sem noção (pelo menos eu achei).

Apesar disso, gostei do livro. Os contos são legais e é interessante participar um pouco mais desse mundo mágico. rs Não tem muito mais o que falar dele, só lendo mesmo. Concordam comigo?



Resenha da Isabela aqui.
logoblog