Em cartaz: Deadpool 2 [Resenha Dupla]

Deadpool 2
Duração: 119 min
Direção: David Leitch
Estúdio: Marvel Entertainment
Distribuição: 20th Century Fox
Gênero: Ação, comédia
Elenco: Ryan Reynolds (Deadpool), Morena Baccarin (Vanessa), Josh Brolin (Cable), Zazie Beetz (Dominó), Julian Dennison (Firefist)
Classificação: 16 anos

Eu (Isabela) sei, já faz meio século que o filme estreou, mas minha vida anda muito corrida e tem sido um pouco difícil parar para escrever. 😔 Confesso que não estava muito animada para assistir ao longa, porque esse não é muito meu tipo de filme, eu adoro heróis, mas não gosto muito do tipo de humor de Deadpool. Porém, como meu namorado e amigos queriam assisti-lo e eu também estava um pouquinho curiosa, topei a ida ao cinema. O resultado, bem, eu gostei. Não posso nem julgar a demora, porque eu (Priscila) também tive zero tempo de parar para escrever. Essa vida de adulta é complicada! haha Eu não queria ter ido assistir a esse filme, mas mais uma vez fui obrigada a ir com meu namorado e meus amigos. haha Dessa vez, porém, não fui surpreendida como na primeira e não apreciei a ida ao cinema. 😝


Deadpool está devastado desde que perdeu sua namorada. Perdeu? Como assim? É... Longa história... Ele se sente culpado por não ter conseguido salvá-la e, pela primeira vez, ressente o fato de não poder morrer. Então Colosso tenta dissuadi-lo à entrar para os x-men, mas digamos que o Deadpool não é muito compatível com as filosofias de vida do Prof. Xavier. As coisas fogem mais uma vez ao controle e Deadpool acaba em uma prisão de segurança máxima junto com o jovem mutante Russell. Eles conseguem fugir, mas Deadpool encontrou um inimigo à sua altura e percebe que dessa vez não conseguirá resolver tudo sozinho. É quando decide criar sua própria força tarefa.

Cable é um homem endurecido pela vida. Ele veio do futuro com um propósito bem definido, mas por azar deu de cara com Deadpool, que está decidido a impedir que Cable consiga completar seu plano. A X-Force é composta por membros com poderes bem singulares, mas quem realmente se destaca é a Dominó. Quem disse que a sorte não pode vir a calhar em vários momentos? 


O humor negro do Deadpool está presente durante todo o enredo, ele faz piadas com os personagens, com o enredo do filme e até consigo mesmo. Há um monte de referências e até cenas de outros filmes, a regra é não ter regras. Além disso, é perceptível a preocupação dos diretores, desde o primeiro longa, em inserir personagens com representatividade e dessa vez não foi diferente. Uma personagem que se destacou foi a Dominó (falei dela, né? rsrs), no início parecia que ela não faria a menor diferença, mas logo ela conquistou o público com sua simplicidade e simpatia (e cenas cinematográficas rsrs)

O enredo desse filme não conseguiu me agradar como o anterior tinha conseguido. Eu gostei bastante da Vanessa e o que me agradou no primeiro foi o romance deles. Nesse filme, como não teve isso, apesar dela ainda ser muito importante para o Deadpool, eu não consegui ver tanto sentido nas coisas. E Deadpool é um filme realmente sem nenhum sentido. Ele não tem filtros e a quantidade de piadas idiotas e violência não consegue me conquistar. Eu achei pouquíssimas cenas que foram engraçadas de verdade e acho que eu era a única pessoa séria no cinema. Sim, meus amigos ficavam me encarando com vontade de me cutucar cada vez que eles choravam de rir do meu lado. Kkkkk eu posso imaginar isso!


Cheguei a pensar que o longa poderia não alcançar um público muito significativo, uma vez que foi lançado muito perto da estréia de Guerra Infinita. Mas então começaram a aparecer  diversos comentários positivos nas redes sociais e me perguntei como pude pensar nesta possibilidade. As pessoas gostam de coisas idiotas. 😜 No fim, acho que gostei até mais do que do primeiro filme, talvez por já saber o que esperar. Eu já sabia bem o que esperar, mesmo assim torcia para me surpreender como no anterior. Infelizmente, não foi o que aconteceu e sem dúvida o primeiro foi melhor. Então, caso você não seja uma pessoa chata como eu, provavelmente irá gostar do filme (se é que já não assistiu rs). Mas se compartilha do meu gosto, é melhor nem perder seu tempo. Sério mesmo.

Trailers:





Veja também:
Deadpool #1
logoblog