Cheiro de livro novo: Ilusões

Título: Ilusões
Autora: Aprilynne Pike
Páginas: 343
Editora: Bertrand Brasil
Série: Fadas
Anterior: Encantos
Próximo: Destinos


Finalmente consegui ler o terceiro livro dessa série linda! ❤ Desde que terminei Encantos, estava doida para ler, mas só encontrava vendendo muito caro. Então a Amazon fez uma super promoção e eu não pude deixar de aproveitar. Enfim pude dar continuidade à história de Laurel.

"— Mas o amor é algo que deve ser ao mesmo tempo egoísta e generoso. Você não pode se obrigar a amar alguém porque acha que deve. O mero fato de querer amar alguém não é suficiente. (...)
— Eu o amo, mãe.
— Sei que sim. Mas existem vários tipos diferentes de amor."

No final de Encantos, Tamani nos deixa intrigados para saber o que ele está aprontando. Porém, já na sinopse de Ilusões esse mistério é quebrado. Então não fiquem chateados comigo achando que estou contando spoiler. haha
Em Ilusões, já passou quase um ano desde os acontecimentos finais do livro anterior, em que Laurel e Tamani brigam e ela pede para que ele se afaste dela. Desde então, Laurel tem vivido normalmente sua vida humana: a relação com seus pais está melhor do que nunca, seu namoro com David está super bem e a amizade com Chelsea cada vez mais forte. Apesar da falta que sentia de Tamani, estava se acostumando a ignorar isso.

"Desde o dia em que Laurel partiu de Avalon, fiz tudo que podia para ser designado seu guardião. Todas as escolhas que fiz na vida, todos os minutos de treinamento, foram em busca dessa posição. Porque eu queria que quem quer que estivesse lá fora vigiando-a fosse alguém que a amasse... e não um comandante indiferente. Quem melhor para guiá-la e protegê-la do que alguém que a amasse tanto quanto eu?"

No primeiro dia de aula do último ano do colégio, porém, ela tem uma surpresa enorme. Tamani está lá, sem os cabelos verdes e com olhos claros, vestindo roupas normais, agindo como um estudante normal, e com um sotaque escocês muito sexy que arrebata o coração de todas as garotas da escola. Apesar de ficar feliz em revê-lo, Laurel entende que provavelmente a presença de seu guardião ali indique que perigos estão mais próximos do que imaginava. Será que mais trolls estão à espreita?

"Ela queria fazer tantas coisas: gritar com ele, estapeá-lo, beijá-lo, agarrá-lo pelos ombros e sacudi-lo. Entretanto, mais do que qualquer coisa, queria passar os braços em volta dele, apertar-se de encontro a seu peito e confessar quanto havia sentido sua falta. Podia fazer isso com um amigo, não podia?" 

David não fica nem um pouco feliz com essa proximidade de Tamani. Ele tem motivos de sobra para ter ciúmes do elfo. Laurel sente que as coisas entre eles podem ficar abaladas, mas tenta equilibrar o bom relacionamento com o namorado e a amizade com Tamani. Apesar das faíscas que os dois trocam quando se encontram, ela tem esperança de que com o tempo pode melhorar.

"— Nós temos dezessete anos, David. Eu gosto de você, e gosto de Tamani, e acho que talvez precise parar de me preocupar com o 'para sempre' por algum tempo. Já estou tendo bastante dificuldade para decidir se vou fazer faculdade no ano que vem, que dirá saber com quem deveria ficar pelo resto da vida."

Como se não bastassem os problemas de sempre, Klea está de volta, e dessa vez quer a ajuda de Laurel para ficar de olho em uma misteriosa garota, Yuki, uma aluna de intercâmbio que veio do Japão. Yuki é muito tímida e discreta, mas esconde segredos demais. Laurel e Tamani não sabem o quanto podem confiar em Klea, nem se os segredos de Yuki podem fazer com que ela seja uma inimiga de Avalon. Além disso, os trolls também estão estranhamente resistentes, o que contribui para a dúvida em saber se Klea é aliada ou rival.

"Por dois anos, Tamani tinha sido um segredo dela — sua pessoa especial. Exceto por algumas vezes com David, ela nunca o dividira com ninguém. Às vezes, desejava poder voltar a como as coisas costumavam ser. Quando ele tinha olhos verde-escuros e cabelos compridos e não usava sapatos nem calça jeans. Quando ele era somente dela."

Laurel está mais madura nesse livro. Mais velha, mais experiente, está conseguindo avançar bem nas suas técnicas de fada e levar a vida humana normalmente. Mesmo estando constantemente preocupada com a presença dos trolls, sabe que está em segurança com a quantidade de sentinelas sempre ao seu redor, e a presença de Tamani é ainda mais tranquilizadora. Fiquei muito feliz com a boa relação que ela está tendo com o pai e a mãe agora. Tamani está mais charmoso do que nunca, apesar de ter perdido um pouco aquela graça que tinha por não entender nada do mundo humano. David continua o mesmo cara legal e inteligente, mas minha preferência pelo Tamani só aumentou. Esse elfo é perfeito! A amizade com Chelsea também é muito importante, mas não tem tanto destaque quanto o triângulo amoroso em que Laurel se encontra.
A narrativa é em terceira pessoa, e dessa vez, além do ponto de vista de Laurel, também acompanhamos o de Tamani. Isso foi muito bom, para compreendermos melhor o que está acontecendo e acompanharmos a rotina dele, o que serviu para fazer com que me apaixonasse ainda mais. haha

"(...) David sempre fora primeiro seu amigo. E talvez essa fosse a maior diferença entre ele e Tamani. Com David a amizade viera primeiro; com Tamani, sempre fora a paixão. Não tinha certeza se poderia imaginar a vida sem cada um daqueles extremos. Será que escolher um significava deixar o outro para trás para sempre?"

Continuo achando a história inventada por Aprilynne maravilhosa. Ela teve muita criatividade para criar essas fadas tão incríveis e reais. O enredo continua como os anteriores, com muito mistério e romance. Ainda que um triângulo amoroso normalmente me incomode um pouco, não consigo ficar irritada com a Laurel em relação a isso. O que me fez não gostar tanto desse livro quanto dos outros foi que a autora focou muito mais nesse triângulo do que nos perigos que rondavam a Laurel, e as revelações acabaram ficando para o final. Foi como se o livro todo servisse só como uma introdução para o próximo. Mas, mesmo com esse fator negativo, o livro ainda é muito bom e gostoso de ler, a leitura é viciante e flui rápido.
A diagramação está perfeita, os capítulos são curtos e as letras grandes, o que contribui para a leitura mais veloz. A capa é linda demais e com uma textura legal, como as outras.
Como puderam notar, nesse terceiro volume da série, mistério e romance é o que não falta. Gostei muito do livro e estou mega ansiosa para ler o último! E você, já leu essa série? 

Veja também:
Resenha de Asas
Resenha de Encantos
logoblog