Livros *----* Coração Artificial

Coração Artificial. Autora: Viviane L. Ribeiro. Páginas: 265. Publicação Independente.

Conheci a autora  e o livro Coração Artificial através do skoob, quando ela sugeriu a parceria. E gente, acho que esse livro só precisa de divulgação porque ele tem tudo para fazer mó sucesso, eu simplesmente adorei a leitura!

"A verdade é que não importa o quanto o homem evolua e as coisas grandiosas que eles consigam criar, jamais conseguirão fazer algo com tanta perfeição quanto Deus;"

Gabriel tem 19 anos e é o único filho de um famoso bioengenheiro, que  preside uma empresa de órgãos artificiais. Mora numa grande mansão com o pai e a governanta, sua mãe foi embora quando ele era pequeno, coisa que ele ainda não superou totalmente. Ele não é exatamente um bom garoto, faz mais o tipo playboy revoltado, que não liga para o que as pessoas pensam ao seu respeito e não tem muita visão de futuro.

Mas, na verdade, ele  é um rapaz muito sensível, mesmo que não deixe transparecer para as outras pessoas. Ele sofre calado os seus dilemas e quando finalmente externa algo,  geralmente está no limite, o que não costuma dar muito certo.. Ele se mostrou um rapaz extremamente complexo e atormentado por suas inseguranças, não sabia se acreditava no pai e deixava que ele controlasse suas escolhas ou se pegava as rédeas de sua vida, já que costumava ficar tao incomodado com as decisões que o pai tomava. Até então, ele se contentava em liberar suas frustrações nos rachas da vizinhança, por mais que isso não mudasse sua situação em nada. Sua narrativa deixou o texto poético e profundo, como se pudéssemos despir sua alma e ver o que, de fato, se passa em seu coração conflitante, artificial.

"Porque nunca foi meu objetivo de vida agir como as pessoas esperam que eu aja e dizer o que elas esperam que eu diga; na verdade, é isso o que eu faço: dou a elas razões para irem embora e só sobrarem as que realmente querem ficar. E eu digo a mim mesmo que vou tentar mudar, que vou pensar mais nas pessoas e ser mais receptivo, mas sei que são apenas palavras vazias..."

Até que aparece Alícia, uma garota de 18 anos, esforçada e estudiosa. Ela veio de outra cidade porque conseguiu uma bolsa na universidade de Villanova, a mesma universidade que Gabriel cursa. Com rosto de menina, não é do tipo que chama muita atenção, apesar de até ser bem bonita, mas ela é bastante simples e comum. Ou é o que parece, já que Alicia se revela uma pessoa extremamente forte, inteligente e que não se deixa ser diminuída, mas que acredita no melhor das pessoas e luta pelas oportunidades que a vida lhe oferece, alguém que nos inspira. Ela causou isso em Gabriel também, sem julgá-lo acreditou nele e o fez acreditar em si mesmo.

 "Sinto-me traído. Era isso que me deixava zangado, mesmo sabendo que as coisas são assim mesmo, que nada é o que parece, assim como parece que estamos contemplando estrelas quando na verdade são satélites. "

O livro é muito bonito e real, mostra que, em geral, não temos como controlar a vida e as coisas que ela nos impões mas que podemos aproveitar o tempo que temos aqui. O final foi um pouco esperado, não que a gente esteja preparado para alguns finais, mas terminei o livro com a sensação de que aquilo talvez simplesmente precisasse acontecer naquele momento. Viva sua própria vida, seja você mesmo, porque o tempo passa rápido.

Esse foi um livro que relutei para escrever a resenha, tem sentimentos que são difíceis de descrever, acho que a Viviane fez isso com maestria, mas foi um pouco complicado pra mim traduzir tudo isso rs. Espero que tenham gostado. Só fiquei um pouco encucada com o fato de eles verem sobre corações artificiais na aula de física da faculdade :O não conheço muito a respeito, mas me pareceu mais certo se fosse em uma aula de biologia, ou talvez ate biofisica.. rsrs XD #enfim. Acho que é isso. #Recomendadíssimo.
Parceira com autora
Página do livro no Skoob
logoblog