Livros *----* Tempo de Dançar

Título: Tempo de Dançar
Autora: Patricia Beal
Páginas: 277
Editora: Bling Romance
Avaliação: 3/5

Tempo de Dançar foi um e-book que eu comprei na Amazon depois de ler a resenha no blog Resenhas Cristãs. Acontece que eu estava procurando um livro para indicar no clube do livro em que participo e romances sempre fazem sucesso, sem contar que o livro anterior havia sido bastante denso, então algo mais leve cairia bem. Mas, no fim, acabei decidindo indicar outro livro.

Tempo de Dançar conta a história de Ana, uma bailarina profissional que tem a sua vida virada de cabeça para baixo com o aparecimento de um ex-namorado. Ela e Claus tiveram um relacionamento muito intenso há dez anos atrás, ela lhe entregou tudo, mas sem lhe dar nenhuma explicação, ele a deixou, voltou para a Alemanha, sua terra natal, e para a sua ex. Porém, agora ele está de volta e será seu par na apresentação de Romeu e Julieta. Mas, Ana está noiva de Peter, um homem maravilhoso e que a faz muito feliz. O que ela não consegue entender é porque seu coração ainda parece não ter esquecido o homem que a abandonou há tanto tempo atrás.

"Um dos maiores bailarinos do mundo não ficaria nervoso por causa de uma aula de uma pequena companhia. Mas um homem, grande bailarino ou não, sempre fica nervoso na frente da mulher que está tentando impressionar. Minha presença o está perturbando - ótimo. Abaixei os olhos e sorri."

Então, um beijo depois do ensaio põe tudo a perder, porque Peter estava na plateia e assistiu não só o ensaio mas também ao beijo apaixonado de sua noiva. Ana não é a melhor bailarina da companhia, mas ela já se conformou com o fato de que nunca será uma primeira bailarina e seu sonho é dançar no MET, o teatro de  Nova York. Quando Peter termina o noivado, ela não sabe o que fazer, os planos de irem para Atlanta já não fazem mais sentido sem ele. Então, Claus lhe pede para segui-lo até a Alemanha. Com ele, surge a oportunidade de viver novamente o seu primeiro amor e também de dançar na Europa e, quem sabe, no MET de Nova York. Então, ela decide arriscar, afinal, esse é o seu tempo de dançar.

"Você precisa saber que por trás de cada 'não' de Deus existe um 'sim' muito maior. Precisa confiar nas escolhas d'Ele para a sua vida, sabendo que Ele enxerga a situação por inteiro e você não."

Ana é uma pessoa um tanto impulsiva, mas bastante dedicada. Ela sempre sentiu que existia um Deus e mesmo que não fosse uma pessoa muito devota, não deixava de fazer suas orações a Ele. Quando ela se vê traída por uma pessoa que havia sido sua amiga, sua primeira atitude é questionar o cristianismo dela. Como uma pessoa dita cristã age desta maneira? Por incrível que pareça, isso não abala sua fé num Ser superior. Mas, no decorrer de sua vida, surgem outras pessoas e oportunidades para se aproximar desse Deus, resta saber até quando ela irá resistir a essa atração. Nesse ponto, há alguns diálogos (mesmo que poucos) muito ricos no livro sobre Deus, sua soberania e graça.

"Fosse o que fosse era algo que eu queria. Nada jamais tinha bastado para mim na vida. As realizações no balé não tinham bastado. Os namorados maravilhosos não tinham bastado. Viver na Europa era bom, mas não chegava a bastar. Como a graça de Deus poderia me bastar?"

Confesso que fiquei muito incomodada com o triângulo amoroso. Foi um troca troca de homens que eu não vi com bons olhos e isso me lembrou um pouco do livro Um Dia, um romance que também me deixou bastante irritada. Outra questão bastante forte no enredo, é o balé. A autora estudou balé desde pequena e demonstra bastante conhecimento acerca do assunto. Mas tantos detalhes e referências à essa expressão de arte pode ser um pouco cansativo para aqueles que não a apreciem tanto. Então, vocês já estão avisados. Eu gostei do que encontrei, mas sinto que esperava mais... Entretanto, o que realmente me aborreceu foi o conflito entre Peter, Ana e Claus, então, se você não tem problemas com triângulos amorosos, vá em frente, certamente conseguirá extrair boas reflexões da trama.

"Fiquem no ar!, dissera ele. Não se preocupem com a aterrissagem. Vocês vão aterrissar, mais cedo ou mais tarde. A gravidade se encarregará disso, prometo a vocês. Preocupem-se em ficar lá no alto, em relevé! É um lindo lugar para estar."
logoblog