Livros *----* A Ascensão dos Nove

Titulo: A Ascensão dos Nove
Série: Os Legados de Lorien #3

Autor: Pittacus Lore
Páginas: 287
Editora: Intrínseca
Avaliação: 5/5

Nove e Quatro estão nos Estados Unidos tentando decidir o que fazer depois de fugirem do complexo morgadoriano, onde se perderam de Sam. Eles descobriram que as forças especiais dos estados unidos estão trabalhando junto com os morgadorianos e tentam entender qual a natureza dessa ligação, já que os morgadorianos não costumam poupar nenhum planeta. Enquanto isso, Seis, Sete, Dez e Crayton decidem ir até a Índia para se encontrar com aquele que, ao que tudo indica, é o número Oito. Depois pretendem voltar aos Estados Unidos para se encontrarem com Quatro. Mas, seja como for, eles sentem que a batalha contra Setrakus Rá está cada vez mais próxima e eu não sei como ainda teremos quatro livros pela frente. O destino de Lorien, bem como o da Terra, está nas mãos dos sete jovens lorienos sobreviventes e a batalha, da qual temos uma pequena amostra nesse livro, tem tudo para ser épica.

"Somos soldados, Johnny! E soldados morrem. Fomos mandados para cá para treinar e lutar, e alguns não vão sobreviver. É a natureza da guerra."

Nesse volume temos a oportunidade de conhecer melhor novos membros da garde, como Oito e Nove, faltando apenas sermos apresentados ao número Cinco. Além disso, em determinado momento, Seis acaba se perdendo do grupo e é capturada pelos morgadorianos. E, eu acredito que esse tenha sido um momento muito importante para ela se colocar em seu devido lugar, pois ela sempre me pareceu ser um tanto prepotente. Nove e Quatro acabam soltando algumas farpas entre si, os cepans de ambos eram bem diferentes e eles viveram de forma quase oposta na Terra. Enquanto Nove foi criado em uma cidade grande, Quatro vivia no interior. Nove é um cara adepto a tecnologias, tem pose de durão, é mais frio e racional e são raros os momentos em que alguém consegue transpor suas armaduras. Já Quatro é mais transparente e frequentemente age de maneira impulsiva. Quanto a Oito, ele é uma pessoa muito bem humorada, ele me pareceu ser do tipo que gosta de agradar os outros e odeia se sentir sozinho.

"Os mogadorianos vão pagar pelo que fizeram. Por terem matado tantas pessoas que amávamos, aqui na Terra e em Lorien. Minha missão pessoal é destruir até o ultimo deles, e vou garantir que Marina também consiga se vingar."

A Ascensão dos Nove mantem o mesmo ritmo de ação frenético dos anteriores e se você não gosta disso, sinto informar, mas essa série não é para você. O livro não terminou de maneira muito abrupta ou tensa dessa vez, nossos protagonistas estão mais cientes do que devem esperar do futuro e certamente eles tem muito o que fazer. Alguns personagens desenvolvem novos legados que precisam ser trabalhados, além de precisarem treinar juntos para saber como ajudar um ao outro no campo de batalha. Ao concluir a leitura fui abatida por uma terrível ressaca literária, provavelmente por saber que não poderia prosseguir imediatamente com a leitura da série, e foi difícil me afastar do universo criado por Pittacus Lore. Eu apenas não entendi qual o sentido do título e fiquei me perguntando se o correto não deveria ser "A Ascensão do Nove", no singular, porque nem temos nove lorienos vivos. Seja como for, essa foi uma ótima leitura e eu estou animada para continuar lendo a série. Mal posso esperar para conhecer o número Cinco e ver como essa guerra irá terminar.

"Ele concorda com a cabeça e eu começo a me levantar, mas preciso fazer outra coisa antes que seja tarde demais. Encaro os olhos dele, seus belos olhos castanhos, respiro fundo e o beijo. Ele parece chocado quando me afasto. Dou de ombros e sorrio: '-Ei, para que fazer amanhã o que pode ser feito hoje, certo?'"

logoblog