Livros *----* Jesus e as Mulheres

Jesus e as Mulheres Sharon Jaynes
Título: Jesus e as mulheres - O que ele pensa de nós.Autora: Sharon Jaynes
Páginas: 288
Editora: Mundo Cristão
Avaliação:5/5

Muito tem se falado a respeito do feminismo e do papel da mulher na sociedade. No meio cristão não é diferente, já vi muitas pessoas se levantando para falar que feminismo não é bíblico e que a bíblia é machista. Eu, uma mulher, sempre fiquei um pouco incomodada com tudo isso, entendo que extremos não costumam ser saudáveis, mas, ao mesmo tempo, acredito que as mulheres precisam ser respeitadas. Além de não aceitar muito bem esse pensamento que taxa a bíblia como machista. Pensando nisso, a leitura de Jesus e as Mulheres veio em um ótimo momento, graças a uma indicação do clube do livro.

"[...]podemos ler sobre Jesus, ouvir sermões sobre Jesus e até acreditar que ele foi um homem bom. porém; enquanto não acreditarmos verdadeiramente que Jesus é o Filho de Deus, o Messias, que morreu por nossos pecados e ressuscitou, enquanto não tivermos um relacionamento com Jesus para que ele seja Senhor de nossa vida, continuaremos sedentas."

Esse foi um livro que revolucionou toda a minha forma de ver o assunto e mais uma vez pude constatar como Deus é maravilhoso e como Ele tem um zelo especial por nós, mulheres. Sharon nos trouxe textos dentro de seus contextos e não apenas textos isolados que ela pudesse manipular da forma como quisesse. Além de apresentar todas as referências bíblicas para quem quiser conferir. O livro começa pelo começo, com a queda de Adão e Eva. A autora aborda a forma como Deus criou a mulher para ser uma auxiliadora do homem, o que essa palavra realmente significa e como todo o plano de Deus foi afetado pelo pecado.

"Como o violino sem o arco ou um trinco sem a chave, o homem estava incompleto sem a mulher. Juntos, eles formaram um todo."

Em seguida, vemos como as pessoas foram corrompidas e como era a sociedade quando Jesus veio ao mundo, onde a palavra de uma mulher não tinha validade alguma em um tribunal, por exemplo. O livro fala sobre diversas mulheres que tiveram contato com Jesus durante o seu ministério terreno. Nos mostra como Ele lidou com cada uma delas, quebrando paradigmas e regras sociais de uma sociedade machista. Ele lidou com mulheres adúlteras, de má fama, doentes, sem qualquer tipo de preconceito, ensinando lições valiosíssimas a nós, àquelas mulheres e às pessoas da época. Ela fala sobre tantas coisas, sobre pecado, sobre adoração, sobre relacionamentos, sobre como lidar com as dificuldades da vida, sobre julgamentos, mas principalmente sobre ter um relacionamento pessoal com Cristo.

"Às vezes é difícil imaginar a presença de Deus cercando-nos quando experimentamos tragédias em nossa vida. De uma forma ou de outra, em nossa mente, essas duas coisas não parecem coexistir. É quase incompreensível a visão dos anjos apenas olhando enquanto meros seres humanos ridicularizavam e torturavam o Filho de Deus. Como agimos quando a vida não faz sentido? Nós lembramos."

O livro é maravilhoso e é impossível não se identificar com cada mulher citada por Sharon, algumas a bíblia nem informa seus nomes, mas isso não as torna menos importantes e sem dúvida elas tiveram sua vidas transformadas por Cristo. Já o indiquei para várias amigas e não poderia deixar o convite aqui no blog para que todas o lessem, principalmente aquelas que seguem a vida cristã, porque Jesus veio para nos libertar e nos dar uma nova vida. ❤️

"A mulher surpreendida em adultério permaneceu diante do Filho de Deus- e a desgraça foi recebida com a graça divina; o constrangimento, com uma capa de amor; a crueldade, com carinho; a desconsideração, com consideração. Esse é o meu Jesus."
 
logoblog