FilmexLivro O Doador de Memórias


O Doador
Data de lançamento: 11 de setembro de 2014 Ano: 2009
Duração: 1h37min  Páginas:192
Direção: Phillip Noyce Autor: Lois Lowry
Elenco: Jeff BridgesMeryl StreepBrenton Thwaites X Editora: Arqueiro.
Gêneros: Ficção científica, fantasia, drama
ATENÇÃO: Contém spoiler do livro e do filme!

Sinopse: Uma pequena comunidade vive em um mundo aparentemente ideal, sem doenças nem guerras, mas também sem sentimentos. Uma pessoa é encarregada a armazenar estas memórias, de forma a poupar os demais habitantes do sofrimento e também guiá-los com sua sabedoria. De tempos em tempos esta tarefa muda de mãos e agora cabe ao jovem Jonas (Brenton Thwaites), que precisa passar por um duro treinamento para provar que é digno da responsabilidade.

Eu tenho esse filme há séculos no meu computador, mas estava decidida a vê-lo apenas depois de ler o livro. Coisa que eu nunca parava para fazer. Até que, num final de semana, eu estava procurando um filme legal na TV para ver com meu namorado e nos deparamos com o dito cujo. Assim, assistimos o filme e logo que ele terminou e estava decidida a realizar a leitura, comecei na segunda-feira seguinte.

1) Qual foi seu preferido- o Filme ou o livro?
Bateu uma duvida para responder essa pergunta, mas dessa vez ficarei com o filme. Achei sensacional eles terem começado o filme em preto e branco, foi uma sacada arriscada, mas genial!


2)Quais foram as maiores diferenças encontradas?
No filme, os recebedores tem um sinal no pulso e dá a entender que é através desse sinal que as memórias são passadas. Mas no livro, a caraterística física comum aos recebedores são os olhos claros e o doador coloca as suas mãos nas costas de Jonas quando quer lhe passar uma memória.
Além disso, o romance entre Fiona e Jonas não existe no livro, o que faz sentido já que eles são tão novos (tem apenas doze anos). Jonas até parece nutrir alguns sentimentos por ela, mas isso não chega a ser desenvolvido e nem abordado com tanta ênfase, como no filme, nem o beijo deles acontece e a Fiona não chega a parar com a medicação também. Creio que o diretor tenha tentado se aproximar mais do público adolescente ao introduzir o romance na história, já que o conteúdo do livro é bastante filosófico e não é muito dinâmico.
Outra coisa, é que no livro se passa um ano desde de que eles recebem a atribuição até o momento em Jonas foge!

3)Houveram mudanças relacionadas aos personagens?
Sim, houveram várias na verdade. No livro as crianças recebem suas funções ao fim do ano em que completam doze anos de idade, eu não me lembro qual era a idade exata em que isso acontecia no filme, mas certamente não era aos doze anos, eles eram mais velhos, diria que perto do fim da adolescência, 16 ou 18 anos. Além disso, a função escolhida para Asher, no livro, foi a de diretor-assistente de recreação, quando no filme ele foi escolhido como piloto e Fiona recebeu a atribuição de cuidadora de idosos, mas no filme ela foi selecionada como criadora de crianças novas. No livro os dois não recebem muita atenção e nem se envolvem na fuga de Jonas.
E, no livro, o Asher tinha dificuldade para falar, ele trocava algumas palavras ou falava outras de forma errada, o que não é retratado no filme apesar de ser muito citado no livro.


4) O que achou da escolha dos atores?
Eu gostei bastante da atuação dos atores, apesar ter achado esquisito essa questão deles serem tão mais novos no livro. Porque como eu vi o filme primeiro, os personagens já estava caracterizados na minha mente e muitas vezes as suas atitudes ou palavras não eram compatíveis com aquela imagem mais velha que eu estava imaginando. Isso foi bem esquisito. Mas acho que essa questão das idades contribuiu bastante para que eu gostasse mais do filme.
Na minha opinião, a escolha mais acertada foi a Lily, a Emma Tremblay foi perfeita, eu sempre imaginava ela quando estava lendo as falas e ações da Lily. Os pais do Jonas também bateram bem com as descrições, apesar de eu ter estranhado como eles pareciam novos no filme, principalmente o pai. 

5)E o final?
O final foi bem parecido, eu gostei e fiquei bastante curiosa pelas sequências. São 4 livros, mas não tenho certeza se todos serão adaptados para o cinema já que o filme não parece ter feito tanto sucesso quanto era esperado.


Caso queria responder a tag em seu blog, use o banner utilizado nessa publicação.