Livros *----* Amanhã você vai Entender

Amanhã Você Vai Entender
 Amanhã você vai entender. Autora: Rebecca Stead. Editora: Intrínseca. Páginas: 224.

Sei que só ia ler livros com "Q" esse mês... Mas, eu estava no avião vindo para a casa da minha avó quando meu Kobo descarregou. Ainda tinha várias horas de voo, e esse livro estava lá no meu celular, e ele estava carregadinho, então... não deu pra  resistir, li ele todinho no avião. rs XD

Uma amiga minha já tinha me falado desse livro, mas eu estava achando que era um livro de mistério investigativo, até por causa do título. Mas não é bem isso, é um livro teen, ate tem um mistério, mas nada que envolva um crime ou algo assim. Miranda é uma menina de 12 anos, que tem um melhor amigo chamado Sal. Até que, um dia, um garoto maior bate nele e então, ele se afasta de Miranda e passa a evitá-la. Ela não entende muito bem porque isso aconteceu, mas então várias coisas estranhas começam a acontecer

"É apenas seu jeito de dizer que na maior parte do tempo, as pessoas se distraem com coisas pequenas e  ignoram o mais importante."

Primeiro, aparece o Homem da Gargalhada, ele é um homem que está sempre na esquina e parece ter algum problema mental, ele fica repetindo palavras, chutando os carros e dorme com a cabeça em baixo de uma caixa de correio. Depois, ela encontra um bilhete esquisito dentro de um de seus livros. O bilhete não faz sentido algum e parece ter sido escrito por alguém do futuro... o que a deixa ainda mais confusa. Mas esse é apenas o primeiro bilhete.

"Às vezes é impossível se sentir mais malvado do que no momento em que se deixa de sê-lo. É como se acender uma luz fizesse você perceber quanto  o  cômodo  estava  escuro  antes.  E  o  modo  como agimos normalmente e as coisas que costumamos fazer são como fantasmas que todos conseguem ver, mas fingem que não."

O livro é narrado pela Miranda, ela vai contando os acontecimentos dos últimos meses. Ele tem uma linguagem bem simples e fluida, é muito fofo, tem um toque meio inocente. Adorei a escrita da Rebecca, o livro se encaminha direitinho para o final e achei a história toda bastante original. #FicaaDica. ;)

"-Bem, é simples amar alguém. Mas é difícil saber quando é preciso dizer isso em voz alta."