Livros! *----* A Sociedade do Anel


Amo livros e apesar de não ter muitos estou sempre pegando emprestado. Terminei de ler a pouco tempo o livro "O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel", de J.R.R. Tolkien. Páginas: 434. Editora: Martins Fontes.

"Numa cidadezinha indolente do Condado, um jovem hobbit é encarregado de uma imensa tarefa. Deve empreender uma perigosa viagem através da Terra-média até as Fendas da Perdição, e lá destruir o Anel do Poder - a única coisa que impede o domínio maléfico do Senhor do Escuro"

Ele é um livro legal pra quem gosta de ficção, me amarro no modo como o Tolkien escreve, como se estivesse conversando com o leitor, a historia é bem interessante. É muito legal que o autor não criou apenas os personagens e um pouco da vida deles, ele simplesmente constrói todo o mundo que os rodeia, as linguas, os costumes, as terras, e tudo mais.

Apesar disso, não foi um livro que me prendeu do início ao fim, demorei pra ler e passava fins de semana inteiros sem nem pegar no livro x.x Até estou um pouco curiosa pra ler a sequência, mas não é nada muito desesperador... não sei... acho que esperava mais do livro... Mas mesmo assim não consigo dizer que a história é chata, simpatizo muito com a forma como o Tolkien escreve, achei muito a legal amizade do Frodo e do Sam, amigo de verdade esse. A forma como você sente a morte de um dos personagens, como se você não soubesse o que fazer nem onde essa aventura vai parar sem ele para dar as ordens. E simplesmente não consigo imaginar o que mais de história poderia ter nos outros dois livros ou como eles irão finalmente vencer o domínio maléfico do Senhor do Escuro...Bem, ainda faltam dois livros, quem sabe ainda não me envolvo na história?! 

Então fico com o comentário do autor no prefácio:

" Algumas pessoas que leram o livro ou que de qualquer forma fizeram uma critica dele, acharam-no enfadonho, absurdo ou desprezível; e eu não tenho razões pra reclamar, uma vez que tenho opiniões similares a respeito do trabalho dessas pessoas, ou dos tipo de obras que elas evidentemente preferem. Mas, mesmo do ponto de vista de muitos que gostaram de minha história, há muita coisa a desejar. Talvez não seja possível numa longa história agradar a todos em todos os pontos, nem desagradar a todos nos mesmos pontos; pois pelas cartas que recebi, percebo que as passagens ou capítulos que para alguns são uma lástima são especialmente aprovados por outros.O leitor mais critico de todos, eu mesmo, agora encontro muitos defeitos, menores e maiores, mas, felizmente, não tendo a obrigação de criticar o livro ou escrevê-lo novamente, passará sobre eles em silêncio, com a exceção de um defeito que foi notado por alguns: o livro é curto demais."