Cheiro de livro novo: Se Eu Ficar

Título: Se Eu Ficar
Autora: Gayle Forman
Páginas: 185
Editora: Rocco

Vocês podem estar estranhando um pouco a capa, mas foi esse livro mesmo que eu comprei e li. Essa edição foi lançada pela Rocco em 2009 e eu comprei por apenas R$ 2,00 no Projeto Mais Leitura. Estranhamente, o livro só está fazendo sucesso agora, relançado pela Novo Conceito. O que importa é que a história é a mesma e poderei assistir ao filme que acabou de estrear e fazer as devidas críticas. xD

Mia é uma adolescente de 17 anos que está no último ano do ensino médio, tentando decidir para qual universidade deve ir, como praticamente todos da sua idade. Ela é apaixonada por música clássica e toca violoncelo há muitos anos. E ela é muito boa por sinal, tem um talento nato, apesar de seus pais serem roqueiros e, no fundo, desejarem que ela fosse como eles.
Além de seus pais, seu namorado Adam também é roqueiro. Ele faz parte de uma banda chamada Shooting Star, que está começando a fazer sucesso. Isso seria muito legal, se não fosse o fato de que Adam está cada vez mais sem tempo, o que deixa Mia preocupada com o futuro do relacionamento, já que talvez ela vá para uma universidade longe. Ah, não posso esquecer de falar de seu irmãozinho, Teddy, que considera Mia quase como uma segunda mãe. Mia também tem uma melhor amiga, Kim, e as duas se entendem melhor do que imaginam.


"As pessoas acreditam no que querem acreditar"


Parece uma vida muito boa, apesar dos probleminhas que ela precisa enfrentar às vezes. No entanto, de repente a vida dela vira pelo avesso e esses probleminhas com que ela tinha que lidar se tornam totalmente insignificantes. Mia e sua família decidem passear num belo dia de neve. E sofrem um grave acidente de carro. De uma hora para a outra, Mia está fora do corpo, vendo-se sendo socorrida por vários médicos e passando por diversos procedimentos, enquanto eles tentam mantê-la estável. Então suas dúvidas se resumem a apenas uma: ficar e encarar todas as dificuldades que o acidente trará para sua vida ou seguir em frente e deixar os vivos lamentando a sua perda.


"Vocês podem até achar que são os médicos ou os enfermeiros ou todo esse equipamento que controlam o show - continua ela, apontando para os equipamentos médicos. - Nada disso. É ela quem está no comando. Talvez ela só esteja esperando a hora certa. Então, conversem com ela. Digam a ela para demorar o tempo que for, mas para voltar. Vocês estão esperando por ela."


O livro não é dividido em capítulos, como estamos acostumados, e sim em horas. A história é intercalada entre o presente, o que está acontecendo com Mia, o que ela está sentindo e pensando; e o passado, quando ela relembra coisas que aconteceram, coisas que podem ajudá-la a tomar a decisão correta.
Por meio dessas lembranças de Mia, sabemos mais sobre sua vida e conhecemos melhor sua família, seu namorado e seus amigos. Assim, começamos a entender por que é tão difícil escolher entre a vida ou a morte.


"Às vezes, você faz escolhas na vida. E outras, as escolhas vêm até você. Será que isso faz sentido?"


Gostei bastante do livro, mas não acho que tenha motivo para o estardalhaço que estão fazendo sobre ele. Acho que esse sucesso todo se deve por causa do filme mesmo, da propaganda que estão fazendo em volta do relançamento do livro, porque a história em si não é muito chamativa. Não é um daqueles livros que a sinopse te deixa com uma vontade louca de pegar para ler. Mas acho que o filme deve ser bom, então como encontrei vendendo barato, não resisti e comprei. rs
Alguém aí já leu ou quer ver o filme?



Para quem ainda não viu o filme, aqui está o trailer:





*Informação para quem já leu: Depois que terminei de ler, descobri que esse livro tem uma continuação! Achei legal, mas acho que meio que estraga a surpresa do livro saber que tem outro depois. Concorda?
logoblog