Livros *----* Procura-se um Marido


Procura-se um Marido. Autora: Carina Rissi. Editora: Verus. Páginas: 474.
Essa autora tem outro livro lançado, Perdida, que também já li e tem até resenha aqui no blog. Procura-se um Marido segue o mesmo estilo de romance com um pouquinho de fantasia, e até as personagens são um pouco parecidas. Gostei muito desse livro também, mesmo seguindo o clichê comédia romântica de marido de aluguel. 
Alícia é uma mulher de vinte e quatro anos, mas que vive como se estivesse no auge da adolescência, ainda não acredito que ela tenha conseguido terminar uma faculdade, porque o seu lema é curtir a vida. E, ela usa a fortuna que tem para se esbaldar em viagens e festas com seu Porsche vermelho. Mas, de baixo disso tudo, existe uma mulher sensível que morre de medo de uma tempestade.
Porém, seu mundo desaba quando seu avô, que a criou depois da morte dos seus pais, falece devido a um aneurisma cerebral. E como se não bastasse, sete dias depois do sepultamento, o advogado do seu avô, Clóvis lhe diz que ela só irá receber a herança  depois que tiver um ano de casada. Enquanto isso irá viver sob a tutela de Clóvis e trabalhar na empresa do avô, um emprego bem diferente do que ela imagina. Trabalho e casamento, duas coisas que não estariam nos seus planos por um longo tempo..

"- Deve ter sido um engano. – Só podia ser um engano. Tinha que ser!
- Deixe-me ver – ela pegou o papel analisou por meio segundo e depois me devolveu. – está certo. É o valor que as assistentes recebem pelo serviço. Normalmente não tem tantos descontos por atraso, mais o valor integral é o mesmo.
- Mais isso é uma merreca! Como você espera que eu sobreviva com isso aqui? Eu gastei o dobro disso na noite passada.
- Ninguém duvida – Max comentou já ao meu lado. – Pela foto no jornal você se divertiu muito.
- Cala a boca Max – eu disse sem pensar.
Ele sorriu irônico, e cruzou os braços entre o peito."
     
Durante o livro, a Alícia sofre muito preconceito, principalmente quando começa a trabalhar na empresa do avó e vi que a autora quis passar a imagem de que ela não era uma pessoa mimada e irresponsável como todos pensavam. Eu tenho certeza que a protagonista, cresceu muito durante a história, mas ela era mimada sim! Definitivamente! hahahaha Alícia é engraçada e explosiva, mas está disposta a defender as pessoas que ama com todas as suas forças. A Mari é um amor, a "melhor amiga" exemplar e o Max, ah o Max é perfeito! Impossível não se apaixonar.
Curti muito o livro, a leitura é fácil e divertida. Estou gostando muito dessa autora! Super recomendo.
logoblog