Em cartaz: Jumanji

Jumanji: Bem-Vindo à Selva
Duração: 119 min
Direção: Jake Kasdan
Estúdio: Columbia Pictures
Distribuição: Sony Pictures Entertainment
Gênero: Aventura, comédia, ação, fantasia
Classificação: 12 anos
Elenco: Dwayne Johnson (Spencer), Kevin Hart (Fridge), Jack Black (Bethany), Karen Gillan (Martha), Nick Jonas (Alex)

Boa noiteeee, leitores queridos do meu coração! Acharam que não ia ter nenhuma postagem essa semana, né? E quase não teve mesmo! haha Eu sei que estou completamente sumida, mas eu não abandonei o blog, não! A Isabela assumiu tudo temporariamente, porque eu estou começando uma nova fase da vida. Comecei a residência esse mês e ainda estou me adaptando a minha nova rotina e minha nova casa. Mas eu prometo que vou colocar minhas resenhas em dia assim que possível! rsrs

No meu aniversário eu tinha direito a um ingresso de cinema grátis e decidi assistir Jumanji com meu namorado. Eu nunca tinha visto o filme clássico, mas ele me obrigou a assistir no final de semana antes, só para eu conhecer a história original. Eu achei bem legal e fiquei mais animada para conferir o novo (que acho que nem deve mais estar em cartaz, já que enrolei séculos para escrever essa postagem haha).


Quem assistiu ao outro filme já sabe do que se trata, mas para quem não conhece, Jumanji é um jogo. Um jogo legal, mas assustador. Originalmente, é um jogo de tabuleiro em que tudo que sai no jogo também acontece na vida real, e são coisas um tanto perigosas, tanto para os jogadores, quanto para quem está ao redor.
No novo filme, porém, já estamos em tempos mais modernos. Quem é que ainda liga para jogos de tabuleiro (além de mim)? Então o jogo também se moderniza e agora é um video-game. Mas seu modo de ação passa a ser diferente também.
Em um belo dia, quatro adolescentes, que foram parar na suspensão por diversos motivos (uma coisa bem clichê, diga-se de passagem), acabam encontrando o jogo abandonado em umas caixas de velharias. Curiosos e sem a menor vontade de realizarem a tarefa que deveriam, resolvem jogar um pouquinho. E é aí que o inesperado ocorre e eles são sugados para dentro do video-game e atirados em uma aventura na selva. Para voltarem às suas vidas, precisarão completar o desafio e vencerem o jogo. Mas quem disse que zerar um game é assim tão fácil?


Eu estava curiosa para assistir a esse filme, pois as críticas estavam boas e a premissa parecia bem legal, e não me decepcionei. Os personagens são bem divertidos. Cada um deles representa um daqueles clichês clássicos de filmes adolescentes americanos: a patricinha, o nerd, o atleta e a garota tímida/anti-social. Essa reunião provavelmente não daria muito certo nos filmes normais, mas nesse os personagens precisaram enfrentar não só os desafios impostos pelo jogo, como também suas limitações, seus preconceitos e rivalidades. É importante perceber o amadurecimento dos quatro jovens e o quanto o convívio entre eles os fez crescer e tornarem-se pessoas melhores. Eles passaram a valorizar as diferenças e as habilidades específicas que cada um tinha.
O enredo pode até não ser tão inovador, já que a gente pode imaginar o que vai acontecer e um jogo não costuma ser lá muito imprevisível, mas sem dúvida é bem interessante. Criaram uma história muito divertida, seguindo a essência do clássico, mas com uma pegada completamente nova. E quem não assistiu ao anterior não vai sentir nenhuma falta, só vai perder umas duas referências que aparecem no meio do filme.


Uma coisa que notei é que tem várias piadas que são para público adulto, o que me surpreendeu, porque esperava um filme com teor mais infantil, mesmo se tratando de personagens adolescentes. Descobri que não é um filme para crianças. rs Ainda mais depois que vi a classificação indicativa, na hora de escrever essa postagem.
Os efeitos especiais estão bem legais. Assisti em 3D e tiveram algumas cenas bem maneiras, mas não acho que tenha assim tanta diferença.
Achei o filme bem engraçado, tem algumas mensagens legais, e é ótimo para se divertir e se distrair. Então, se você gosta de filmes de comédia, acredito que irá gostar muito desse. Fica a dica, para quem ainda não conseguiu assistir. 😉

Trailers:





logoblog