Cinema em casa: Te Amarei para Sempre

Te Amarei para Sempre
Duração: 107 minutos
Direção: Robert Shwentke
Estúdio: New Line Cinema
Distribuição: Playarte
Gênero: Romance, drama, fantasia
Classificação: 12 anos
Elenco: Eric Bana (Henry), Rachel McAdams (Clare), Ron Livingston (Gomez), Jane McLean (Charisse)
Lançamento: 16/10/2009

Boa tarde, galera! Hoje vou trazer uma dica de filme fofo e romântico para vocês. Eu já havia visto partes desse filme passando na TV, mas nunca conseguia pegar do início e sempre ficava meio perdida no que estava acontecendo. Até que eu e meu namorado resolvemos parar para assistirmos de verdade e gostamos bastante da história.

Henry possui uma anomalia genética muito rara que faz com que realize algumas viagens no tempo inesperadamente. Desde criança, ele precisou aprender a conviver com as inconveniências que essas viagens causavam, tanto no presente, por sumir sem explicações, quanto no momento em que surge, totalmente nu e em lugares muitas vezes complicados de se esconder. 


Um dia ele conhece Clare, uma mulher bonita e evidentemente apaixonada por ele. O problema, para ele, é que nunca se viram antes. Já ela o conhece desde que era pequena, pois uma versão mais velha dele sempre ia visitá-la. Mesmo com um pequeno lapso temporal no relacionamento deles, isso não impede que eles vivam uma bonita história de amor.

Clare é uma mulher muito compreensiva, já que ela conheceu Henry a vida inteira e sabe das dificuldades que essas viagens no tempo incontroláveis trazem para ele. Ela tenta ajudar ao máximo a minimizar os problemas que isso pode causar, mas com o passar dos anos o relacionamento deles também vai se tornando desgastado. Então eles precisam aprender a conviver com esses problemas incomuns, principalmente quando Clare insiste que está na hora de terem um filho.


Achei esse filme muito bonito e realmente emocionante. O fato de Henry viajar no tempo sem nenhum controle é o que causa a maior parte das cenas engraçadas, mas também é o que traz o maior drama da história. Ele consegue presenciar momentos do passado e coisas que ainda acontecerão, mas não é capaz de intervir, e, mesmo quando ele sabe que alguma coisa acontecerá, ele não tem como saber quando nem como será. Então é uma habilidade um pouco inútil e muitas vezes irritante. rs

O relacionamento dele com Clare é o ponto alto da história. É bonito ver o quanto ela o compreende e se esforça para que ele seja uma pessoa melhor, tentando fazer com que ele tenha uma vida mais normal possível. Mesmo quando ela começa a perder a paciência, ainda luta para que sejam um casal feliz.



É difícil dizer muito sobre a história sem contar spoilers. Quem curte romance, com um pouco de drama, não pode deixar de conferir essa história. Pode parecer que não tem nada de mais, mas é bem tocante, um daqueles romances que dão gosto de assistir, que tem uma história construída de uma forma interessante. Espero que assistam e depois me digam se gostaram. 😄 E quem já assistiu, concorda com minha opinião?

Trailer:


logoblog