Bela e Pri na Bienal do Rio 2017


[Bela] Hey guys! Como sabem, eu e a Pri moramos no RJ e a Bienal é um acontecimento que é marcado na nossa agenda assim que a data é anunciada. Essa é uma ótima oportunidade para conhecer novos autores, aumentar a lista de livros para ler e ainda fazer umas comprinhas. Esse ano havia vários estandes com livros por 5, 10 e 15 reais, e apesar da maioria dos livros não serem tão conhecidos conseguimos encontrar alguns livros que estavam na nossa lista de desejados e fazer boas aquisições.
[Pri] A Bienal também é uma ótima oportunidade de sair com os amigos que amam ler como nós, e foi o que fizemos, afinal, é sempre bom trocar opiniões e dicas literárias pessoalmente, não é? E com certeza teremos lembranças desses dias para darmos boas risadas daqui a alguns anos.


Faz tempo que quero ler um livro da Jane Austen e e eu fiquei encantada com a graciosidade dessa edição de Orgulho e Preconceito. O corte do livro é rosa pink e essa capa está fofa demais. O preço também ajudou, foi apenas quinze reais (o livro mais caro que eu comprei).
Orgulho e Preconceito - Jane Austen
A ideia fictícia de Meryton, condado de Hertfordshire, Inglaterra. A história começa quando o Sr. Bingley aluga uma mansão perto da família Bennet, cuja mãe sonha em arrumar bons casamentos para suas cinco filhas: Jane, Elizabeth, Mary, Kitty e Lydia.Sr. Darcy, o melhor amigo do Sr. Bingley, nobre rico e influente; Sr. Collins, um jovem religioso à procura de esposa; Lady Catherine, sua protetora, são outras personagens de Orgulho e Preconceito, romance de Jane Austn, escrito em 1797 e publicado em 1813, época em que havia uma verdade reconhecida universalmente: "um homem solteiro e rico precisa de uma esposa".

Comprei A Identidade Bourne no Projeto Mais Leitura por apenas cinco reais. Assim que vi o livro na prateleira me lembrei do filme e apesar de nunca tê-lo assistido, esse é um gênero que muito me agrada, então decidi levá-lo.
A Identidade Bourne - Livro 1 Robert Ludlum
Jason Bourne não tinha passado. E talvez não tivesse futuro. Sua memória é uma página em branco. Para ele, o dia em que nasceu foi aquele em que seu corpo varado de balas foi resgatado das águas tranquilas do mar Mediterrâneo.
O médico alcoólatra que o salvou da morte descobre que seu inesperado e estranho paciente trazia um microfilme cirurgicamente implantado no quadril e evidências de que seu rosto fora modificado por cirurgia plástica.
De onde teria vindo aquele homem sem memória que em seus delírios comatosos falava em três línguas diferentes coisas incompreensíveis como códigos e nomes de cidades desconhecidas?
A trama se complica quando o microfilme revelado mostra o número de uma conta em um banco da Suíça cujo saldo estarrecedor é de alguns milhões de dólares. Disposto a descobrir sua identidade, nosso homem parte para a Suíça e lá descobre que o seu nome é Jason Bourne, um americano de Nova York, dono de uma empresa desconhecida chamada Treadstone Seventy-One Corporation. No entanto, o seu retorno tem um preço, e a caçada tem início novamente, pois Jason Bourne é um homem marcado para morrer.

Silêncio é um livro que eu tenho vontade de ler desde que terminei Bloodlines, porque a escrita da Richelle é maravilhosa e eu estou doida para conhecer outros trabalhos dela. Quase comprei Silêncio no estande da editora, mas acabei desistindo. Porém, a Pri foi duas vezes na Bienal e encontrou o livro por apenas dez reais. Como ela sabia que eu queria, comprou pra mim. ❤️❤️❤️ Eu tenho a melhor amiga desse mundo, não tenho?!

Silêncio - Richelle Mead 
Pelo que Fei se lembra, nunca houve um ruído em seu vilarejo todos são surdos. Na montanha, ou se trabalha nas minas ou na escola, e as castas devem ser respeitadas. Quando algumas pessoas começam também a perder a visão, inclusive a irmã de Fei, ela se vê obrigada a agir e a desrespeitar algumas leis.
O que ninguém sabe é que, de repente, ela ganha um aliado: o som, e ele se torna sua principal arma. Ao seu lado, segue também um belo e revolucionário minerador, um amigo de infância há muito afastado em função do sistema de castas.
Os dois embarcam em uma jornada grandiosa, deixando a montanha para chegar ao vale de Beiguo, onde uma surpreendente verdade mudará suas vidas para sempre. Fei não demora a entender quem é o verdadeiro inimigo, e descobre que não se pode controlar o coração.



Conheci a escrita da Carolina quando li O Reino das Vozes que não se Calam e fiquei curiosa para ler outras obras suas, ainda mais sendo uma autora tão simpática nas redes sociais e sempre elogiada. Feérica não estava na minha lista de prioridades, mas achei em um estande por apenas 10 reais e resolvi arriscar a leitura.
Feérica - Carolina Munhóz
E se uma fada se revelasse em um reality show?
Violet Lashian tem apenas um objetivo: ser famosa em seu mundo. Mas quem nunca se seduziu por esse pensamento?
Ignorada pelas fadas de uma sociedade que preza a padronização, a jovem de cabelos roxos decide abandonar seu sofrimento em busca de um lugar entre as estrelas de Hollywood. 
Bastidores de reality shows. Festas badaladas. Encontros amorosos com jovens milionários. Entrevistas em rede mundial. Fama instantânea, dinheiro e poder. De repente, a feérica se vê cercada pela realidade com que sempre sonhou. Mas será que Violet é capaz de manter a pureza de sua raça mágica em um mundo corrompido pelo deslumbre material? E quais seriam as reais consequências de sua revelação para a existência oculta de seu povo? 
Você descobrirá tudo isso e muito mais nos próximos capítulos deste livro.



Encontrei O Pulo da Gata em um dos estandes de livros por 10 reais. Achei a capa muito bonita e o título curioso, então fui ler a sinopse e cismei com ele, só porque a protagonista é veterinária como eu. haha Fiquei refletindo uma semana e só comprei na segunda vez que fui à Bienal.
O Pulo da Gata - Fernanda França
A paulistana Maggie May ama os animais e exerce sua profissão de veterinária com paixão. Mas seu maior sonho é casar com tudo que uma mulher romântica tem direito: vestido branco, cerimônia religiosa, festa com todos os seus amigos e parentes, lua de mel... O noivo nem importa muito, desde que seja alto. O que mais interessa a ela é o evento. Apesar de jovem – tem 23 anos –, ela faz de tudo para se casar e age como se fosse uma solteirona desiludida. Não é a toa que está na sua quinta tentativa, mas Maggie é confiante de que Felipe, que ela conheceu num site de encontros, a tornará, enfim, feliz. Só que as estrelas, que tudo veem lá de cima, não têm tanta certeza assim. Nem Eric, o comediante gato que ela conhece por acaso, no dia do seu primeiro encontro físico com Felipe. O Pulo da Gata é uma comédia romântica cheia de reviravoltas, algumas trágicas, outras curiosas e divertidas, que prende e emociona a cada capítulo. Impossível não rir ou chorar.


De Repente, Ana é o único livro que comprei que estava na minha listinha de livros que queria ler. Não era prioridade, mas também achei por 10 reais e decidi comprar para não ir embora sem nenhum livro no primeiro dia. 

De Repente, Ana # 2 - Marina Carvalho
Ana decidiu viver permanentemente na Krósvia, e tudo está às mil maravilhas. Além do namoro cada vez mais sério com Alexander, ela tem um emprego fixo na embaixada brasileira e dedica parte de seu tempo às meninas do Lar Irmã Celeste.
Mesmo cumprindo tantos compromissos sociais como princesa, Ana nunca foi tão feliz. Porém, de uma hora para outra, tudo muda. Seu pai, o rei Andrej Markov, sofre um grave acidente e vai parar na UTI. Não resta alternativa: Ana vai ter que assumir o trono da Krósvia e governar a nação.
Pouco – ou quase nada – familiarizada com a função, ela vai precisar de ajuda não só para reger o seu país, mas também para manter perto de si aqueles que ama. Muita gente está interessada no seu fracasso.

Percebo agora que todos os livros que comprei são de autoras nacionais! haha Foram poucas aquisições, mas fiquei satisfeita com elas. Não comprei nenhum dos livros que planejava, pois infelizmente as editoras não colocaram promoções que valessem a pena nos estandes. Mas o passeio para a Bienal sempre vale a pena, nem que seja pelo prazer de estar rodeada de livros!

Minhas aquisições + o livro da Isabela, porque ainda não pude entregar
Um pouquinho de como foi minha Bienal para vocês verem
No estande da Editora Sinna, com a autora Katerine Grinaldi
logoblog