Filme X Livro: Inferno [Resenha Dupla]



Inferno
Duração: 122 min X Páginas: 443
Direção: Ron Howard X Autor: Dan Brown
Estúdio: Sony Pictures X Editora: Arqueiro
Gênero: Suspense
Classificação: 14 anos
Elenco: Tom Hanks (Robert Langdon), Felicity Jones (Sienna), Ben Foster (Zobrist), Sidse Babett (Elizabeth), Ana Ularu (Vayentha)
Lançamento: 13/10/16 X 2013
ATENÇÃO: Contém spoiler do livro e do filme!

Sinopse: Florença, Itália. Robert Langdon (Tom Hanks) desperta em um hospital, com um ferimento na cabeça provocado por um tiro de raspão. Bastante grogue, ele é tratado por Sienna Brooks (Felicity Jones), uma médica que o conheceu quando ainda era criança. Langdon não se lembra de absolutamente nada que lhe aconteceu nas últimas 48 horas, nem mesmo o porquê de estar em Florença. Subitamente, ele é atacado por uma mulher misteriosa e, com a ajuda de Sienna, escapa do local. Ela o leva até sua casa, onde trata de seu ferimento. Lá Langdon percebe que em seu paletó está um frasco lacrado, que apenas pode ser aberto com sua impressão digital. Nele, há um estranho artefato que dá início a uma busca incessante através do universo de Dante Alighieri, autor de "A Divina Comédia", de forma a que possa entender não apenas o que lhe aconteceu, mas também o porquê de ser perseguido.

Essa foi uma das mais aguardadas adaptações literárias do ano, pelo menos para mim. Pra mim também. Inferno foi o melhor livro do Dan Brown, na minha opinião, e quando soube que se tornaria filme fiquei muito animada, porque os filmes são ótimos para visualizarmos aquelas cenas e cenários que não conseguimos imaginar direito, principalmente em livros de ação e com muitas cidades históricas como os dele. 

1) Qual foi seu preferido - o filme ou o livro?
Sem dúvida foi o livro. Concordo! O filme é muito bom, admito, e qualquer pessoa que não leu o livro com certeza vai adorar. Mas, para quem conhece a história em que foi baseado, as mudanças que ocorreram conseguiram estragar o encanto. Totalmente! Apesar disso, foi muito bom para poder ver os locais visitados pelo Langdon e as obras de arte que ele viu. Só essa parte que foi bom, porque o resto... No filme também é muito mais perceptível toda a ação da história, já que as coisas se desenvolvem mais rápido. Mas eles não se contentaram com o ritmo do livro, não é mesmo?! ¬¬

2) Quais foram as maiores diferenças encontradas?
Bem, o início do filme foi uma maravilha, estavam seguindo livro direitinho. Mas quando estava chegando no final, começou a mudar tudo! A Siena não era louca daquele jeito no livro! Ela virou um terrorista! A visão que o Robert tem da Elizabeth também é diferente no livro, ele acha que ela está sendo sequestrada e drogada. No filme ela sempre aparece bem e dando ordens. Porém, o mais diferente de tudo foi o vírus criado por Zobrist, que no livro descobrimos ser algo bem, totalmente, absolutamente, inteiramente, plenamente diferente do imaginado, e no filme se mantém como uma praga que mataria parte da população. Sem falar naquele romance entre Robert e Elizabeth, não lembro daquilo não, hein..

3) Houve mudanças relacionadas aos personagens?
Sempre há, mas dessa vez nem foi tanto. Langdon todo mundo já conhece dos outros filmes. rsrs Teve diferença na Siena, que deveria ser loira e no filme está morena. =P Além disso, senti falta da cena em que ela mostra que é careca... E a Elizabeth deveria ter cabelos compridos prateados. Dos outros personagens não lembro muito para comentar, mas acho que não tiveram muitas mudanças. Gente, não lembro dos detalhes dos personagens no livro, desculpa, mas já tem muito tempo que li... :x Até lembro que tinha um lance desse, da Siena ser careca... E, a mulher que estava perseguindo eles tinha algo nos cabelos também, mas não lembro se eles eram prateados ou espetados... haha (a Vayentha tinha cabelos curtos espetados no livro... Os da Elizabeth que eram prateados haha)

4) O que achou da escolha dos atores?
Achei os atores muito bons, não tenho do que reclamar. Não tem nem o que falar do Tom Hanks como Robert, já imagino o personagem como ele quando leio! haha Eu só fiquei intrigada com os cabelos daquela mulher, mas não consigo me lembrar se eram pra ser espetados ou prateados... kkkk

5) E o final?
Do final eu até já falei um pouco. Destruíram tudo!! A Siena surtou total, virou uma louca terrorista, o oposto do que é no livro. Além disso, a praga era realmente para matar as pessoas, não apenas para esterilizar uma parte, como eles descobrem no livro. Aquela adrenalina no final, enquanto eles lutam para a bomba não detonar até ficou legal, deu mais emoção ao filme, apesar de não ter nada daquilo na história original. Mas todas essas modificações que eles fizeram acabou mudando totalmente o sentido de reflexão que o livro tinha. Acabaram com toda a graça da história. Isso acabou tornando o filme ruim, porque o final era o auge, em que todo mundo se pergunta "será que Zobrist estava mesmo errado?", e no filme ele está errado e pronto. Acho que eles poderiam ter colocado mais ação, mas manter o final original. Não sei se ficaram com medo de criar polêmica, mas enfim, o livro tá aí para isso! haha Resumindo: leiam o livro! Ele é muito melhor! #IsabelaRevolts kkkk

Trailers: 




Veja também:
Resenha Pri
Resenha Bela
Pare e Pense