Em cartaz: Minions

Minions
Duração: 91 min
Direção: Pierre Coffin e Kyle Balda
Estúdio: Illumination Entertainment
Distribuição: Universal Pictures
Gênero: Animação, fantasia
Classificação: Livre


Estava curiosa para ver esse filme, já tinham me falado super bem, que era muito engraçado e como eu gosto de Meu Malvado Favorito fui com meu namorado assistir.
O filme é legal sim, tem várias cenas engraçadas, afinal os Minions são fofinhos, bobinhos e divertidos, mas também não achei tããão legal assim para essa fama toda. Mas é um bom filme para assistir com crianças. haha

O filme é um spin-off de Meu Malvado Favorito e a história se passa antes dos Minions conhecerem o Gru. Acompanhamos toda a evolução desses seres que existem desde os primórdios da vida na Terra. 
O propósito da existência dessas criaturinhas amarelas é servir aos maiores vilões do planeta. Apesar de quererem ajudar, eles são muito desastrados e sempre acabam fazendo uma grande besteira e perdem seu líder. Isso faz com que eles estejam em uma constante busca por um novo mestre. Depois de diversas decepções com seus mestres, eles resolvem isolar-se do mundo e criar sua própria civilização. Por um tempo, eles conseguiram viver bem e se divertiram. Até que eles começaram a sentir que faltava alguma coisa e perceberam que aquela sensação de vazio devia-se ao fato de não terem um chefe para servir. A vida deles passou a ser entediante e sem nenhuma perspectiva.

Um belo dia, por volta do ano de 1968, Kevin resolve partir em busca de um novo líder que dê motivação aos minions. Junto com dois voluntários, Stuart e Bob, parte em uma grande aventura. Eles decidem que devem ir até uma convenção de vilões, para tentarem ser contratados como ajudantes da maior vilã de todos os tempos, Scarlet Overkill, que deseja ser a primeira mulher a dominar o mundo.

Ela os contrata e passa a eles uma tarefa, mas se eles falharem, serão mortos. Os três conseguem fazer muitas coisas legais e conquistam um monte de gente, mas, como sempre, se metem em toneladas de confusões e acabam despertando a ira dos vilões.


Então eles precisam arrumar uma forma de consertar tudo, sem piorarem ainda mais a situação, para poderem finalmente contar ao seu povo que possuem um novo mestre.

Os minions são criaturas muito fofinhas e não tem como não gostar deles. A história ficou divertida e dá para entender tudinho, apesar de não entendermos nada do que eles dizem. rsrs A questão é que, em Meu Malvado Favorito, eles são uma parte da história e conseguem ser engraçados sempre que aparecem. Já em um filme só deles, eles são o foco da história, o que torna impossível que tudo seja piada o tempo inteiro. Talvez por isso eu não tenha achado o filme tão bom quanto eu esperava. Além disso, essa também não é uma daquelas animações que atingem adultos e crianças de diferentes maneiras. É um filme infantil, com o objetivo de fazer as crianças rirem muito. E isso não é algo ruim. Eu achei bom e também ri, principalmente no início e no fim, só achei um pouco bobo em alguns momentos, mas isso é natural de filmes infantis, afinal eles não foram feitos para nos fazer raciocinar muito. Minha conclusão é: se você ama animações como eu, vá assistir; se tem crianças, vá com elas, mas não espere chorar de rir como elas; se você gosta de Meu Malvado Favorito, vá; se não se encaixa em nenhuma das opções anteriores, talvez não goste do filme e é melhor assistir outra coisa. haha 
Parece que também terá uma sequência, talvez mostrando o início da vida dos minions com o Gru. Se tiver, com certeza irei assistir, porque o Gru é muito legal! xD BANANA! :P


Trailers: