Livros *----* De Repente Ana

De Repente Ana #2. Autora: Marina Carvalho. Editora: Novo Conceito. Páginas: 320. Atenção pode conter spoiler de  Simplesmente Ana #1.

Pelo que sei a Marina Carvalho inicialmente não pretendia escrever uma sequência para Ana, mas tudo deu tão certo e a princesinha mineira conquistou tantos admiradores que a história acabou acontecendo. Fiquei com um pouco de receio no inicio, esse negócio de série não planejada as vezes não sai muito certo, pode ficar forçado e repetitivo, mas resolvi arriscar.

O livro se passa dois anos e meio após o primeiro. Ana está passando suas férias com Alex no Brasil quando recebe a notícia de que seu pai sofreu um acidente de helicóptero e está gravemente ferido. Ana fica então desolada, volta o mais rápido possível para a Krosvia e lá as coisas só ficam ainda mais difíceis. Vemos que ela se aproximou bastante do pai nesse tempo que se passou e leva um grande baque com a notícia. E, ela ainda terá que lidar com a imprensa e com o trono, afinal é a única filha do rei.

Sua vida vira do avesso, enquanto tudo que ela queria era ficar ao lado do pai, precisará mais do que nunca estar em reuniões, eventos e conferências. Falando pelo povo da Krosvia, sempre com uma conduta exemplar. Seu tempo se torna escasso e seu relacionamento com Alex é o primeiro a sofrer. Depois ainda surge a Laika, dos infernos, querendo buscar algumas coisas que ela "esqueceu" no apartamento do Alex. --' (Aham, sei.)

Mas tinha esquecido de como o Alex pode ser teimoso... rs Sem falar que acaba surgindo mais um triângulo amoroso, muito bem bolado, para ver como a gente é inseguro as vezes... hahahahah Ana e Alex cresceram bastante, tanto quanto pessoa, como quanto casal, não acredito que  possa ter um terceiro livro com o final que tivemos nesse, só se for para falar dos herdeiros de Ana. (Quem sabe?) Mas gostei  bastante do final, apesar de achar aquele capítulo extra meio tosco (porque aquilo?) A autora dividiu o livro em capítulos contados pela Ana e pelo Alex (tá virando moda, isso?!) Não gosto tanto desse tipo de narração, prefiro contos extras...  mas ficou legal, porque não deixou nenhum furo. ;)


O livro continua com bom humor, mas o enredo é um pouco mais sério, então não é tão engraçado, apesar de eu ainda ter dado umas boas risadas. Acho que foi o suficiente para deixar a historia leve e gostosa de se ler. Foi um livro que me prendeu bastante, o que me deixou um pouco frustrada já que estou meio sem tempo para ler devido a facul x.x rs Acho que a Marina utilizou os ingredientes certos e o resultado não poderia ser diferente. #Recomendadíssimo.