Cheiro de livro novo: Um Amor para Recordar

Título: Um Amor para Recordar
Autor: Nicholas Sparks
Páginas: 184
Editora: Novo Conceito

Olá gente! Desculpem minha ausência aqui no blog, mas tá difícil de arrumar um tempinho... Minha faculdade está me consumindo, provas, provas e trabalhos. Nem para ler estou tendo tempo direito, tanto que demorei um tempão para ler esse livro que é relativamente pequeno.
Enfim, esse foi o segundo livro do Nicholas Sparks que eu li, e já estou captando o estilo dele. rs Eu já tinha ouvido muito falar sobre essa história, mas só peguei emprestado com Isabela agora (e também nunca assisti ao filme x.x). Apesar de também ser uma história com o fim triste (e de já sabermos disso logo no início do livro), gostei mais desse do que de Querido John.

Livros *----* Asas

AsasAsas. Autora: Aprilynne Pike. Páginas: 287. Editora: Bertrand Brasil.

Peguei esse livro emprestado com a Pri. Há pouco tempo li "O Inverno das Fadas" da Carolina Munhoz, que não me agradou muito, mas não dá pra fazer muitas comparações entre eles, porque apesar de ambos tratarem sobre fadas, eles são muito diferentes. 

Laurel é uma adolescente de 15 anos que tinha sido educada em casa pelos seus pais, até que eles decidem se mudar para Los Angeles, porque seu pai comprou uma livraria na cidade. Então sua vida muda completamente, acostumada a Orick, uma cidadezinha de 500 habitantes, Laurel terá que se acostumar aos novos ares e passará a estudar em um colégio público.

Ela é um pouco esquisita, come pouco, apesar de ser saudável, sua dieta é composta basicamente por frutas, legumes e sprite. Odeia lugares fechados e dificilmente sente frio. Nunca teve espinhas, não usa sequer xampu e ainda não menstruou, mas ela vive normalmente e seus pais acreditam que na hora certa as coisas irão acontecer. Mas, na verdade, eles não sabem muito bem o que esperar de sua saúde, já que ela foi adotada e eles nunca encontraram uma única pista de seus pais biológicos.

Livros *----* A Cidade Suspensa

A Cidade Suspensa. Autor: Samuel Medina. Páginas: 92. Publicação Independente.

Recebi um convite para ler esse livro através do skoob, o autor publicou o livro de forma independente e estava divulgando-o. Valorizo muito essa coragem de alguns escritores de escrever um livro e disponibilizá-lo gratuitamente, acho que isso faz do livro algo ainda mais especial, demostra o simples prazer pela escrita. 

Kain é um viajante misterioso e ele chega a Cidade Suspensa com um objetivo também misterioso. Sabemos apenas, que ele demorou a descobrir como entrar na Cidade, que provavelmente está sendo seguido por inimigos e que ele precisa descobrir um modo de ficar lá, senão será expulso quando ela "pousar" novamente.

Livros *----* Convergente

Convergente. Autora: Veronica Roth. Editora: Rocco. Páginas: 526. Atenção pode conter spoiler dos livros anteriores, Divergente e Insurgente.

Eu estava enrolando há um tempão para ler esse livro e foi meu namorado que me incentivou a lê-lo. Ele leu o segundo e quis ler logo a continuação, então acabei me empolgando e comecei a ler junto com ele. Estava com medo do final, os últimos livros de séries que li não me agradaram muito, mas dessa vez a autora acertou em cheio, gostei bastante. 

Depois das revelações bombásticas do final do último livro, um grande número de pessoas quer ir para além das cercas da cidade. Mas agora que Evelyn conseguiu o poder, desfazendo o sistema de facções, ela não está nenhum pouco favorável a satisfazer esse desejo. Ela está tão preocupada em libertar as pessoas das facções que acaba exercendo um domínio ditatorial, que obriga as pessoas a viverem sem-facções e todos ficam muito perdidos, ao se depararem com o fim de seus costumes e crenças.

Livros *----* Coração Artificial

Coração Artificial. Autora: Viviane L. Ribeiro. Páginas: 265. Publicação Independente.

Conheci a autora  e o livro Coração Artificial através do skoob, quando ela sugeriu a parceria. E gente, acho que esse livro só precisa de divulgação porque ele tem tudo para fazer mó sucesso, eu simplesmente adorei a leitura!

"A verdade é que não importa o quanto o homem evolua e as coisas grandiosas que eles consigam criar, jamais conseguirão fazer algo com tanta perfeição quanto Deus;"

Gabriel tem 19 anos e é o único filho de um famoso bioengenheiro, que  preside uma empresa de órgãos artificiais. Mora numa grande mansão com o pai e a governanta, sua mãe foi embora quando ele era pequeno, coisa que ele ainda não superou totalmente. Ele não é exatamente um bom garoto, faz mais o tipo playboy revoltado, que não liga para o que as pessoas pensam ao seu respeito e não tem muita visão de futuro.

Cheiro de livro novo: Fade - Desvanecer

Título: Fade - Desvanecer
Autora: Lisa McMann
Páginas: 236
Editora: Novo Século
Série: Wake
Anterior: Wake - Despertar
Próximo: Gone - Desaparecer

Mesmo tendo achado o primeiro livro um tanto estranho, o final me deixou satisfeita e fiquei curiosa para ler esse. Então prossegui com a trilogia e achei esse livro bom também. Na verdade, achei bem melhor do que o outro, mas ainda não tão bom  o suficiente.
Algumas das coisas que mais tinham me incomodado em Wake diminuíram bastante em Fade, como o fato de todas as pessoas serem muito esquisitas, parecendo até meio irreais. As pessoas ainda são bem bizarras, mas acho que como esse livro foca mais no convívio de Janie com Cabel, a história fluiu melhor (apesar de ainda achar os dois idiotas em algumas situações). Outra coisa que eu não tinha gostado foi a narração corrida, pulando partes. A autora continuou fazendo isso, mas dessa vez eu achei o livro com um detalhamento maior, e achei que as partes que ela pulou realmente não iriam fazer nenhuma diferença se fossem contadas.

Em cartaz: Lucy


Lançamento: 28 de agosto de 2014 
Duração: 1h29min
Dirigido por: Luc Besson
Com: Scarlett Johansson, Morgan Freeman, Min-sik Choi
Gênero: Ficção científica , Ação
Nacionalidade: França
Não recomendado para menores de 16 anos.

Estou a tanto tempo pra fazer essa crítica que acho que o filme já até saiu de cartaz =O Mas a faculdade tem me consumido, amanhã já tenho outra prova... Vi esse filme com meu namorado a umas duas semanas, para dar uma esfriada na cabeça e fazer algo diferente, de vez em quando a gente faz algo assim, no meio da semana, sem marcar nem nada antecipadamente, é divertido. rs