Livros *----* Julieta


Julieta. Autora: Anne Fortier. Páginas: 448. Editora: Arqueiro.

Peguei esse livro emprestado com uma amiga minha e ele me lembrou muito os livros do Dan Brown, uma famosa história de Shakespeare, uma cidade antiga, uma descendente, um mistério e uma maldição.

Jules tem 25 anos e está trabalhando em uma colonia de férias sobre Shakespeare para crianças, quando recebe a notícia de que sua tia, que criou ela e a sua irmã Janice, desde a morte de seus pais, havia falecido. A leitura do testamento a deixou completamente pasma, pois sua tia havia deixado a casa e tudo mais para Janice e ela recebeu apenas uma carta falando sobre um suposto tesouro e de um segredo misterioso que a sua mãe havia passado a vida procurando em Siena, Itália.

Primeiro ela descobre que seu nome não é Jules e sim, Giulieta Tolomei e que sua família, se encontra presa a uma terrível maldição, que envolve os Salimbeli e os Marescotti. Assim, ela parte para uma aventura, na qual já está completamente desacreditada, esperando encontrar apenas mais um monte de papel velho, se encontrar alguma coisa.

"Aninhando-me em seu abraço, desejei ter o poder de virar a realidade de cabeça para baixo, como uma ampulheta, e fazer com que a vida não fosse um processo finito, mas uma passagem perpetuamente repetida por um buraquinho de tempo."

Ao chegar lá, ela realmente encontra um monte de papel velho, mas começa a suspeitar que talvez realmente haja um tesouro, só que ela não é a unica que está atras dele e seguir essa pista pode ser muito perigoso. Porém, ela não pode voltar atras, porque não é apenas de um tesouro que ela parece estar perto de encontrar, mas de algo muito mais valioso, o amor! *-*  rs Dessa forma, ela mergulha de cabeça no romance de Shakespeare e nas histórias que antecederam esse famoso romance, porque parece que a verdadeira história aconteceu em Siena, e está ficando cada vez mais perto de Julieta.

"O que há de tão maravilhoso na coragem?-retrucou o pintor, mais destemido agora que seu papel de conselheiro havia sido aprovado.- Desconfia que essa virtude já matou mais homens bons do que todos os vícios juntos."

O livro intercala capítulos com o que está acontecendo a Jules na Europa e capítulos com as histórias antigas de Romeu e Giulieta, que ela está descobrindo. Gostei bastante e realmente deu vontade de pesquisar para saber se Shakespeare realmente não inventou esse romance tão conhecida, mas apenas a adaptou, da forma que achou melhor. Me senti mega enganada por ele hahahahhaha. O livro também conta bastante coisa sobre a cidade de Siena, descrevendo os locais por onde a personagem passa e o famoso Palio, a corrida de cavalos, é uma viagem à Itália!

"Porque- respondeu Maestro Ambrogio, divertindo-se cm a exasperação do rapaz- doí nos olhos de um artista ver uma pomba alvíssima perder tempo com corvos."

Achei a atitude dela no final um pouco precipitada, bem rápida... mas enfim, é fofo. Gostei bastante do desenrolar do livro, não foi nem um pouco clichê, a história fluiu com naturalidade e no final estava correndo as páginas para saber o que aconteceria. Fiquei um bom tempo tentando descobrir quem era o vilão, até que desisti, não acertei nenhum dos meus chutes. Mas esse é um tipo de livro que tem muita informação e é preciso ler com atenção. #Recomendadíssimo

"Será que eu estava louca? talvez. Porém há muitas formas diferentes de insanidade. Tia Rose sempre presumia que o mundo inteiro vivia em um estado de loucura constantemente flutuante e que a neurose não era uma doença, mas uma realidade de vida, como a acne. Uns tem mais, outros menos, porém só as pessoas verdadeiramente anormais não tem nenhum pouco."

Fiquei boba com a quantidade de capas diferente! Confiram:

logoblog