Livros *----* A Montanha dos Trolls


A Montanha dos Trolls. Autora: Katherine Langrish. Páginas: 318. Editora: Galera Record.

Comprei esse livro por apenas R$2,00 no Projeto Mais Leitura #2 e ele está por R$40,00 no site da Saraiva! É jogo ou não?! Ele é um livro infanto-juvenil, o personagem principal, Peer, deve ter uns 10 aninhos, mas adorei a capa, fiquei curiosa e resolvi levar.

Achei o livro um pouco devagar ate mais ou menos a metade dele, a história é interessante, cheia de seres mágicos, mas achei que a autora foi muito detalhista, eu estava esperando algo mais fluído por se tratar de um livro infantil, mas também, confesso que não ando muito paciente ultimamente.. tá tenso.. Vocês devem ter reparado que fiquei tempo sem postar.. sorry people.. Te dizer, eu devia estar estudando, mas.. hj é meu niver, então... hahahaha #fail 
       
Peer acabou de se tornar órfão quando aparece um homem enorme e muito mal encarado, alegando ser seu tio. Então, ele sai arrastando o pobre menino e criando confusões na cerimonia de defumação do pai da criança. Infelizmente, ele é mesmo tio de Peer, e ainda tem um irmão gêmeo, os dois são donos de um moleiro na montanha do Trolls e Peer irá morar com eles. Assim Peer é levado para uma vida completamente penosa e dura, estilo gata borralheira. Meio assustador até, afinal ele é só um menino.
Mas, ele ainda consegue fazer uma amiga, Hilde, eles ate se estranham um pouco no inicio, mas depois nasce uma bela amizade, achei ate que iria rolar um romancezinho, mas melhor não, eles são muito novinhos ainda. Eles então precisam descobrir o que os irmãos Grimsson estão planejando para Peer, porque parece que eles não estão satisfeitos em mantê-lo "apenas" como escravo, mas precisam arrumar dinheiro com ele, além do dinheiro que era do pai de Peer. 
        
Hilde é filha de Ralf e Grudun, um dos vizinhos dos irmãos Grimsson e tem dois irmãozinhos gêmeos. Ela é uma menina teimosa, cheia de personalidade, falante e corajosa, do tipo que arrisca tudo pelos que ama e que não consegue ficar parada quando vê um problema. Já Peer é mais medroso e acaba sendo forçado a fazer coisas corajosas pelas circunstâncias, ele constantemente fica dividido no que deve fazer e no que realmente quer fazer, mas sempre faz a coisa certa, como seu pai lhe ensinou e depois, acaba percebendo o valor disso, de ser leal. 

Os trolls retratados por Katherine são bem estranhos, totalmente diferente de como eu imaginava, estou acostumada com os trols de "O Senhor dos Aneis" e Percy Jackson". Gostei mais do Nis, ele é meio maluquinho, mas ia ser legal ter um aqui em casa. hahahah

O livro se passa em um cenário medieval, pra quem gosta, é uma boa escolha. O final é fofinho, mas dos livros infanto juvenis que comprei no projeto, por enquanto, gostei mais de "O Livro dos Dias Mortos".#FicaaDica
logoblog