Livros *----* Liberta-me

Liberta-me. Autora: Tahereh Mafi. Editora: Novo Conceito. Páginas: 444. Cuidado, pode conter spoiler de Estilhaça-me.
Até que estou conseguindo ler minhas séries. Sei que não fiz resenha de Estilhaça-me, talvez eu ainda tente fazer, mas toda vez que sentava pra escrever, ficava um tempão pensando no livro e não conseguia passar o que eu queria. Sei lá, as vezes não consigo resenhar um livro que eu gosto muito, é como se ele realmente acabasse quando eu termino de fazer a resenha, como se eu já tivesse dito tudo sobre ele...  #triste
Juliette é a personagem mais dramática que existe, talvez seja por isso que me identifico tanto com ela haha, é claro que muitos dos dramas dela são válidos, mas ela é o drama em pessoa. Ela é triste, melancólica, poética e dramática, ela sente com intensidade. Acho esse livro bem mais poético que Delírio, se em Delírio a poesia é uma doença, em Estilhaça-me, são os sentimentos de Juliette, mas não só o seu amor.
Juliette está finalmente segura, mas se sente presa, presa no esconderijo dos rebeldes e presa dentro de si mesma, é difícil pra ela ver seus poderes como um dom depois de tanta coisa. Ela é forte, mas se sente extremamente frágil. Entretanto está começando a perceber que precisa deixar um pouco seus dramas de lado e assumir toda a sua força, porque a guerra está chegando e não vai esperá-la.

"Porque algumas pessoas são tão idiotas que pensam que há mesmo grossas linhas em neon separando o bem do mal. Que é fácil fazer esse tipo de distinção e dormir a noite de consciencia tranquila. Porque está tudo bem."

O triangulo está ainda mais forte, eu ainda não sei bem como a Tahereh conseguiu construir as situações certas para que isso acontecesse, mas ela conseguiu. E se você ainda não tem uma queda pelo Warner, se prepare para ter, porque vai ser dificil não se afeiçoar pelo vilão.. eu juro que tentei. Mas acho que estou um pouco cansada dessa história de triângulos amorosos, já nem é mais surpresa aparecer isso em um livro, e não é como se isso fosse assim tão comum na vida real. Mas até que esse foi muito bem construído. Juliette não tem que lutar simplesmente por uma atração física mas a atração de poder tocar alguém sem machucá-lo. Ela se identifica com Warner por quem ele é e Adam é seu primeiro amor.. 
Nesse livro podemos conhecer melhor Kenji e Castle também, ainda acho que Castle vai terminar numa cadeira de rodas no final... #ProfXavier . Além de descobrirmos uma grande surpresa sobre o pai de Warner. Muitos segredos são revelados e a guerra realmente vai começar, com dons e armas contra o Restabelecimento. #Recomendadíssimo

"Homens com armas nunca me deixaram tranquila, não importa quantas vezes tenham jurado que matavam por uma boa razão".