Livros *----* Simplesmente Ana


Simplesmente Ana. Autora: Marina Carvalho. Editora Novo Conceito. Páginas: 304.
Quando li a sinopse desse livro, só pensei em uma coisa: "clichê", imitação do "Diário de uma Princesa". Mas depois vi algumas resenhas falando tão bem dele que acabei comprando pra dar de presente pra uma amiga que adora romances. Ela adorou e claro que eu peguei emprestado depois! 
Ana é uma garota comum e está nos seus 20 anos quando recebe uma mensagem no Facebook, do seu pai que não conhecia até então, dizendo ser o rei da Krósvia. Descobre então que o papo de que o pai estrangeiro abandonou a mãe grávida quando eles estudavam juntos na Inglaterra era tudo mentira, pois quem fugiu foi a mãe dela e seu pai nem sabia que tinha uma filha. Me diz, quem abandona um rei??? XD rs Mas td bem, tinham muitas coisas envolvidas, a mãe dela era só uma garota e surtou com a possibilidade de ter que ir pra Krósvia!  
Andrew descobriu a filha por acaso quando vinha fazer uma visita diplomática ao Barsil, (é, Brasil!) e insistiu para que ela fosse passar uma temporada na Krósvia. Pois assim, poderia conhecer a outra metade da história dela e ser apresentada ao povo da Krósvia, afinal ela era sua única herdeira legítima.
Dessa forma, de uma hora para outra, Ana se vê trancando a matricula na faculdade de direito da PUC-MG, deixando seus amigos, a única família que conhecia e o futuro namorado, para passar seis meses no castelo do seu pai. É... pouca coisa não! Mas lá, ela faz muitos amigos e talvez até algo mais...

"-Venho te pegar às oito. -Então recuou um passo e me olhou dos pés à cabeça, lentamente. -Vista algo confortável. Nem pense em colocar as lingeries novinhas da sua orgia consumista de hoje.
E foi embora, enquanto eu ruminava o fato de ele ter tido acesso àquela informação pra lá de privilegiada. Como pôde?"

A Ana é muito engraçada, espontânea, sincera, e além de tudo é brasileira, mineira. Esse é um livro nacional e a autora não escondeu a nacionalidade da personagem. No inicio eu realmente estava um pouco receosa, esperando o clichê, mas Ana me conquistou. E tirando o fato de que da noite para o dia se descobrir ser uma princesa, não tem muito a ver com "Diário de uma Princesa". A personalidade de Ana é bem diferente e o desenrolar da história também. No máximo, me lembrou um pouco o segundo filme de "Diário de uma Princesa", mas como esse filme não tem nada a ver com os 10 livros da série, então.... ;) O livro é muito bem escrito e a história se desenvolve com facilidade. Super recomendo!